Review: twenty one pilots – My Blood

Lançamento: 27/08/2018
Gênero: Pop, Disco, Funk
Produtores: Tyler Joseph e Paul Meany
Compositor: Tyler Joseph.

Quando parecia que um novo álbum do twenty one pilots estava fora de realidade, Tyler Joseph e Josh Dun começaram a lançar um single atrás do outro. Depois de um hiato, eles irão retornar com o “Trench”, seu quinto álbum de estúdio que será lançado em outubro de 2018. E, enquanto esperamos pelo álbum, a dupla continua compartilhando novos singles conosco. O quarto e último, chamado “My Blood”, é provavelmente o melhor deles. A música possui a fórmula familiar do twenty one pilots, porém, com alguns novos elementos. Há sons eletrônicos, ritmo funky e até mesmo partículas de disco espalhados pela faixa – o que não é surpreendente, já que a banda é conhecida por se inspirar em outros gêneros. Embora não tenha sido confirmado, “My Blood” parece seguir o enredo da trilogia contada via “Jumpsuit”, “Nico and the Niners” e “Levitate”. A história desses singles aborda a cidade de Dema, um local controlado por nove bispos que prendem as pessoas. Liricamente, o novo single é sobre permanecer fiel a um amigo, mesmo quando todo mundo o abandonou. “Quando todo mundo que você pensava conhecer / Desistir da sua luta, eu vou com você / Você está enfrentando um corredor escuro / Eu vou pegar minha luz e ir com você / Eu irei com você”, Tyler Joseph canta. Uma canção pop impulsionada por uma linha de baixo, guitarras e fortes batidas.

Felizmente, “My Blood” é muito fácil para os ouvidos. Curiosamente, ela possui um som um pouco mais comercial do que os fãs estão acostumados, embora as letras sejam profundamente pessoais e significativas. Tyler e Joseph soam mais maduros como se finalmente soubessem quem são como banda. O cativante refrão e o ritmo viciante da linha de baixo dão à música uma forte primeira impressão. “My Blood” não é edificante apenas em termos de batida, mas as letras também são extremamente positivas. “Fique comigo, não / Você não precisa correr / Fique comigo, meu sangue / Você não precisa correr”, Tyler canta com excelentes falsetes no refrão, enquanto aborda a solidão de um amigo. É um tema que escutamos com frequência nas músicas da dupla. Após toda essa empolgação, há um terceiro verso padronizado de forma semelhante aos dois primeiros, exceto pela abordagem mais pop-rap. O refrão e a ponte separam um breve quarto verso, se é assim que devemos caracterizá-lo. “My Blood” é claramente direcionada para alguém que Joseph gosta muito, ou ele não estaria disposto a lutar por ele. Musicalmente soa diferente dos singles anteriores, mas mantém a dinâmica do twenty one pilots. A produção possui uma influência disco que vai fazer você querer dançar.

 

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.