Review: Sheck Wes – Wanted

Lançado em 05 de outubro, o primeiro álbum do Sheck Wes está surpreendentemente bom. Uma estreia brutal e poderosa que aparecerá em várias listas de melhores álbuns de hip hop de 2018. No repertório, provavelmente àquela faixa que mais se destaca é “Wanted”. Uma música que detalha a sensação de morar em um determinado lugar, onde sua presença não é bem-vinda. Produzida por Redda, contém melodias sombrias e um tom ameaçador que serve de base para o jovem Sheck Wes cuspir suas rimas. Embora “Mo Bamba” seja o principal hit do álbum, é “Wanted” que fornece as letras mais assombrosas.

Aqui, Wes está perdido em Nova York e, consequentemente, procurado por todos os lugares da cidade. “Porque na 14ª rua, eu fui procurado / 34ª rua, eu fui procurado / 116, eu fui procurado / É um mundo sujo, porque os negros viram merda”, ele bate no refrão. Entretanto, as únicas pessoas que procuram por ele é exatamente os policiais: “Eu costumava pegar o trem para agir em público / E agora essa porra me faz um idiota em público”. “Wanted” apresenta uma escrita mais estruturada do Khadimoul Fall – com refrões menos repetidos – e uma narrativa mais paranoica, com foco na violência e nos crimes de Nova York. Liricamente, ele expõe o sofrimento das pessoas marginalizadas. “Wanted” é extremamente consistente, porque além da força das letras, possui excelentes seções de bateria e muitas ad-libs. O baixo combinou perfeitamente com as batidas incrivelmente dolorosas, enquanto o fluxo é pontuado por tons obscuros. Wes consegue prender sua atenção e não se sente sobrecarregado pelo instrumental entorpecente. A atmosfera sinistra só reforça a batida escura – que fica logo atrás dos vocais – e fortalece a intimidação de sua voz. Tudo nesta faixa é sobre vender drogas e ser procurado pela polícia. Suas letras podem parecer precipitadas, mas trata-se de uma mentalidade criada desde a sua infância. Em suma, “Wanted” é uma ótima opção para quem quer ficar familiarizado com o som do Sheck Wes.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.