Review: Lil Uzi Vert – Futsal Shuffle 2020

Quando você pensa nas músicas mais populares do jovem rapper Lil Uzi Vert, “XO Tour Llif3” vem imediatamente à mente. Mas anteriormente, ele se encontrou no topo das paradas da Billboard como artista convidado de “Bad and Boujee”, do Migos. No entanto, nos últimos meses, seu nome ficou em destaque também por conta das brigas públicas com o DJ Drama, seu próprio chefe de gravadora.

Produzido por Brandon Finessin, Star Boy, Loesoe e Mayyzo, “Fustal Shuffle 2020” marca o seu retorno à música depois de um tempestuoso 2019, que incluiu os singles “Sanguine Paradise” e “That’s a Rack”, bem como “Free Uzi”, música lançada em resposta ao seu conflito contínuo com a gravadora. Todas as especulações de divulgação do “Eternal Atake” acabaram sendo falsas, e não está claro se foi por causa de sua gravadora ou por falta de interesse em lançar música – um boato que ele próprio começou. Dito isto, “Futsal Shuffle 2020” é a música perfeita para começar o caminho em direção ao “Eternal Atake”. Afinal, possui todas as facetas de sua personalidade: a arte da capa no estilo anime, a batida e o rap sobre Jeremy Scott. E, claro, há muita dança. Uma dança difícil que exige muito trabalho dos pés. “Fustal Shuffle 2020” é um número verdadeiramente ridículo construído sob sintetizadores de música house. Pelo menos significa que não se trata de um completo trap de Atlanta.

E Uzi acaba sendo a pessoa perfeita para se apoderar desse som, já que ele soa completamente animado e sincero ao navegar por ele. Também inflada pelo transe, é descrita por ele como um “dance record”. “Futsal Shuffle 2020” é otimista e realmente se destina mais à dança, mesmo que a letra não corresponda ao ritmo. E a música já está circulando nas redes sociais graças ao desafio de dança promovido pelo Uzi. Ademais, possui uma introdução do Tyler, The Creator, e apresenta o famoso entrevistador canadense Nardwuar the Human Serviette. Ninguém mais no rap poderia fazer algo como “Futsal Shuffle 2020” e, nesse ponto, quem sabe como será o resto do “Eternal Atake”. Vale a pena esperar para descobrir.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.