Review: Kylie Minogue – Dancing

Lançamento: 19/01/2018
Gênero: Electropop, Country-Pop
Produtor: Sky Adams
Escritores: Kylie Minogue, Steve McEwan e Nathan Chapman.

Antes de lançar o seu décimo quarto álbum de estúdio, a australiana Kylie Minogue divulgou o single “Dancing”. Inspirado pela música country, é uma ode descontraída sobre dançar e aproveitar a vida. É uma canção um pouco mais suave do que os maiores hits da cantora ou mesmo o seu último álbum, “Kiss Me Once” (2014). O maior destaque desse single é a mistura eufórica de gêneros, como o country e electropop. Os versos são conduzidos por um violão, mas o refrão é dominado por batidas eletrônicas. O arranjo é leve, o lirismo pensativo e os vocais sensuais como de costume. O refrão é um pouco repetitivo, mas não deixa de ser cativante. Iniciando a faixa com o violão, Minogue mostra um lado vulnerável, que normalmente é escondido atrás de algum sintetizador. Porém, à medida que a música progride, sons EDM passam a tornar-se proeminentes e uma batida mais reciclada instala-se durante o refrão.

De qualquer maneira, este single já pode ser considerado um dos mais diversos de Kylie Minogue há algum tempo. Os elementos de música country misturaram-se adequadamente ao ritmo pulsante do refrão. Na superfície, “Dancing” possui uma composição alegre e ao mesmo tempo incrivelmente infecciosa. Enquanto isso, as letras co-escritas pela própria cantora, funcionam como uma terapia para ela. “Todo mundo tem uma história / Deixe que seja sua chama de glória / Brilhando intensamente, nunca irá desvanecer / E quando fecharem as cortinas, nós podemos dizer que fizemos tudo / O fim de um dia perfeito / Não posso ficar quieta / Eu não vou hesitar / Quando eu sair, eu quero sair dançando”, ela canta com bastante convicção e paixão. Além de pegajosa, “Dancing” merece aplausos por pisar fora da zona de conforto de Kylie Minogue. É uma faixa mais simples e despojada do que suas músicas do passado, entretanto, a composição é igualmente graciosa.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.