Review: Kehlani – While We Wait (2019)

O mais recente projeto da talentosa Kehlani é um exemplo brilhante de sua inteligência emocional, som sensual e de suas composições lúcidas.

Ao contrário do seu último álbum, “SweetSexySavage” (2017), com mais de 58 minutos de duração, a nova mixtape da Kehlani, “While We Wait”, é uma oferta muito mais curta e fácil de digerir. Um pequeno material que nos oferece um belo rolo de histórias eróticas e românticas, envolvidas em batidas de hip-hop e R&B. A abundância de recursos apenas destaca esse sentimento, como se estivéssemos ouvindo Kehlani e seus colegas se envolverem em brincadeiras como amantes de verdade. Na maioria das vezes, isso resulta em uma experiência efetiva. Em um nível musical – e especialmente vocal -, a melhor maneira que eu posso resumir essa mixtape é no cruzamento de estilos como o R&B e neo soul, e as mesmas influências de hip-hop e pop que estão impulsionando o trabalho mais recente da Ariana Grande. Kehlani não se destaca como vocalista solo, mas sua voz funciona bem quando harmonizada e colocada em camadas acima das batidas. Felizmente, ela e seus produtores já perceberam isso. Desde “Footsteps” ela alterna constantemente sua voz entre takes únicos e pequenas sequências silábicas – então sempre há alguma variedade nas performances. “Nunya” explora isso em um nível mais profundo, definindo um canto emocionante e apresentando gemidos harmonizados contra uma batida mais lenta e substancialmente mais sexy, que realmente envolve você em sua atmosfera. O trabalho de produção une tudo com brilho suficiente, mas também complementando-o com muitos detalhes intrincados que você não conseguirá captar da primeira vez.

Eu não ouvi o sutil ressalto das linhas de baixo em “Morning Glory” na primeira vez, e eu certamente não ouvi o impacto total do rastreamento de “Feels” em tempo-baixo, até que a escutei novamente. O primeiro single, “Night Like This”, se beneficia do belo trabalho de produção. Um número de R&B contemporâneo, mas com algumas influências dos anos 90 e começo dos anos 2000. Somando isso à composição respeitável, temos um gancho que diz: “Em algumas noites como esta, não consigo deixar de pensar em nós / Eu estive lembrando, bebendo, sentindo sua falta / Você pode me dizer o que há com todo esse amor distante? / Se eu ligasse, você atenderia? / Em algumas noites como esta, eu só quero te mandar uma mensagem, mas para quê? / Você vai dizer que me quer e então mudar de ideia / Simplesmente vai brincar com minhas emoções só porque quer”. Quanto a Ty Dolla $ign, seu estilo e vocal também são eficazes, embora a estrela da música seja a Kehlani. Ela está no ponto em “Nights Like This”. Não há falhas gritantes para ser evidenciadas, uma vez que os vocais, a produção e a composição são fortes. Ademais, a faixa também recebeu um vídeo inspirado em ficção científica, estrelado por Kehlani como uma cientista trabalhando em um androide excepcionalmente realista. Ty, interpretando o assistente de laboratório, parece não perceber a verdade até depois de escurecer. O videoclipe é uma reviravolta completa do significado das letras. Olhando para tal visual, podemos chegar à conclusão que a música é sobre algum robô futurista. No entanto, percebemos que ela canta sobre ser traída por seu ex-namorado.

Kehlani confirmou que ela fez o vídeo quando estava grávida de seis meses de sua filha. Mais importante ainda, ela apresenta uma persona inteiramente nova em “Nights Like This”. Ela faz o papel de uma jovem bastante introvertida, porque parece que Ty Dolla $ign é o seu único amigo. Capturando a pureza e as emoções do R&B contemporâneo, “Nights Like This” também oferece acenos para o hip-hop. A lenta desaceleração da faixa começa a se transformar e fornece uma bateria incrível. Kehlani intensifica a música transformando os vocais e adicionando letras relacionáveis. Ty, por sua vez, mostra compostura e oferece um fluxo melódico para complementar os vocais da Kehlani. De fato, a melhor maneira que o “White We Wait” pode ser descrito é como um álbum “noturno”. Um ótimo projeto para tocar quando você está passeando à noite na cidade grande ou em casa de madrugada quando estiver entediado. Tem uma vibe tão fria, mas também imbuída por um sabor urbano e atenção aos detalhes, que se estende um pouco além dos confins da música mainstream. Não é uma mixtape perfeita por qualquer meio; é muito curta e indiscutivelmente um pouco inacabada. Consequentemente, parece um prenúncio de um projeto futuro do que um álbum propriamente dito. Além disso, os convidados ficam um pouco desnecessários depois de um tempo. Será que realmente precisamos de quatro recursos em um disco de nove faixas que só dura meia hora? Provavelmente não. Ainda assim, se você é fã desse tipo de R&B, você com certeza vai querer nadar neste mar de batidas lentas e sintetizadores nebulosos.

  • 76%
    SCORE - 76%
76%

Favorite Tracks:

“Morning Glory” / “Feels” / “Nights Like This (feat. Ty Dolla $ign)”.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.