Review: Gloria Groove – Arrasta (feat. Léo Santana)

No final de maio, a drag queen Gloria Groove lançou “Arrasta” em parceria com Léo Santana. Em entrevista exibida no programa Vídeo Show da Rede Globo, ela contou que o baiano foi a primeira opção para fechar uma parceria. Léo Santana é um cara que costuma dividir os vocais com outros artistas – em pouco tempo, ele trabalhou com uma vasta lista de pessoas, entre eles MC Kevinho, Wesley Safadão, Marília Mendonça e Harmonia do Samba. Dirigido por Felipe Sassi, responsável por “Solta a Batida” (Ludmilla), “Joga Bunda” (Aretuza Lovi) e “Ginga” (IZA), o videoclipe é repleto de figurinos extravagantes.

Depois de estourar com a fantástica “Bumbum de Ouro”, Gloria Groove despertou atenção do público. Ela possui um grande alcance vocal e talento singular. Seu novo álbum ainda não possui título e data de lançamento, por isso ela está divulgando seu trabalho por meio de singles. “Arrasta” faz uma mistura cativante de pop, funk carioca e axé, e traz letras acessíveis e repetições grudentas. Após a entrada dos sintetizadores, Groove é acompanhada pela percussão até a entrada do refrão. “Gloria Groove e Léo Santana te convoca pra arrastar / Arra-arrasta, arra-arrasta, arra-arrasta”, ela canta. A explosão dos tambores e a sequência repetitiva da palavra “arrasta” provavelmente vão ficar na sua cabeça. Entretanto, a música não decola como o esperado. Enquanto “Bumbum de Ouro” possui vários elementos de destaque, “Arrasta” só tem um sintetizador proeminente. Ademais, é uma música extremamente curta e com uma estrutura básica formada por apenas dois versos. Dado o talento da Gloria Groove e a explosão de “Bumbum de Ouro”, eu esperava algo mais elaborado. Embora seja uma faixa pegajosa, eu fiquei com um gosto amargo no final.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.