Review: DJ Khaled – No Brainer (feat. Justin Bieber, Chance the Rapper & Quavo)

Lançamento: 27/07/2018
Gênero: Pop-Rap
Produtores: DJ Khaled, BloodPop e Nic Nac
Compositores: Khaled Khaled, Justin Bieber, Chancellor Bennett, Robin Weisse, Quavious Marshall e Nicholas Balding.

Em 2017, DJ Khaled fez um grande sucesso com “I’m the One”, em colaboração com Justin Bieber, Quavo, Chance the Rapper e Lil Wayne. O single liderou a parada da Billboard Hot 100 e acumulou mais de 1 bilhão de visualizações no YouTube. Pouco mais de 1 ano depois, DJ Khaled resolveu reunir novamente os mesmos artistas, com exceção de Lil Wayne, para seu novo single, “No Brainer”. Com um time desse é provável que o DJ Khaled tenha outro sucesso nas mãos. Entretanto, a qualidade dessa música é bem questionável, porque parece uma reciclagem de “I’m the One”. Este single fará parte do próximo álbum do magnata da música, intitulado “Father of Asahd”, que está previsto para ser lançado no final deste ano. Durante uma entrevista, Khaled revelou que o repertório terá onze faixas, em concordância com seu 11º álbum de estúdio. “Eu gravei mais de 11 músicas, mas estou escolhendo apenas 11”, ele disse numa entrevista, observando que seu último álbum tinha 23 músicas em homenagem a seu filho que nasceu em 23 de outubro. Dado o título do disco, ele continua levando sua paternidade ao público, tanto que inclui seu filho no videoclipe de “No Brainer”.

No vídeo, Khaled assume o papel de um diretor e aparece sentado num cadeira de estúdio. Dentre as cenas, temos Quavo pintando o retrato de uma mulher com um pombo no ombro, Chance the Rapper sentado num carro e Justin Bieber cantando em frente a um cenário tropical. Essa colaboração contou principalmente com as ad-libs irritantes do DJ Khaled, mas cada um recebeu tempo suficiente na música. Mas, embora sejam nomes muito conhecidos da indústria, o desempenho de todos eles não impressionou. Liricamente, Bieber, Chance e Quavo canta sobre as mulheres que se destacam na multidão. “No Brainer” possui um apelo semelhante ao de “I’m the One”, por isso é inevitável que seja comparada à ela. Uma canção pop-rap vibrante, onde Bieber toma as rédeas do refrão e troca versos com Quavo e Chance the Rapper. Inicialmente, Bieber entrega linhas sobre uma aventura em potencial. “Você se destaca na multidão, amor, é muito fácil / Não é difícil de escolher / Ele ou eu, seja sincera, amor, é muito fácil”, ele canta com confiança sobre a produção animada.

Como esperado, as letras de “No Brainer” não exigem muita reflexão do ouvinte. “Uma noite vai mudar sua vida inteira / Na real, conversível, amor, é muito fácil / Levante a mão se você concorda comigo”, ele continua. O estilo pop da música contém um grande apelo comercial, mas embora seja divertido, é muito reciclado e genérico. É uma óbvia tentativa de repetir o sucesso de “I’m the One”, o maior hit da carreira do DJ Khaled. Por isso que ele decidiu reaproveitar as sobras e reunir a mesma equipe que fez parte dela. A estrutura e temática de ambas faixas é exatamente igual, apenas com um verso do Justin Bieber substituindo o do Lil Wayne. As batidas, os elementos e as vibrações também são semelhantes. Dito isto, foi uma boa ideia dar mais tempo para o Justin Bieber. Afinal, o seu gancho é bastante pegajoso e entra na cabeça do ouvinte com facilidade. Consequentemente, “No Brainer” depende completamente da sua performance vocal, ao passo que a produção contém um riff e amostra vocal constante. Enquanto isso, Quavo e Chance the Rapper estão no piloto automático e não acrescentam nada demais. Os versos são curtos e carentes de entendimento.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.