Review: Clau – Pouca Pausa (feat. CortesiaDaCasa & Haikaiss)

Clau chegou à fama depois de postar vídeos no YouTube e assinar com a Universal Music. Posteriormente, sua carreira passou a ser empresariada pelo escritório da Anitta. Apesar de ter apenas 22 anos, Ana Cláudia Scheffer Riffel possui talento suficiente para se destacar no pop nacional. Seu single de maior sucesso até então é “Pouca Pausa”, uma parceria com os grupos de rap CortesiaDaCasa e Haikaiss. Uma música sedutora e liricamente romântica com vídeo dirigido por Bruno Fioravanti. Escrita pelos rappers, possui fortes influências de R&B e música latina. A melodia é sensual, o ritmo cativante e as letras – uma mistura de português e espanhol – um tanto quanto provocativas. Há um riff de violão proeminente que se repete o tempo todo, além de batidas de tambor e uma ocasional guitarra espanhola. Logo na introdução, Clau e Philipe Tangi apresentam o envolvente refrão: “Você diz que não, mas na hora da emoção / Pouca pausa e sensação / Se descobre, se liberta / E vem cheia de tesão”Acompanhado pelo riff de violão e por uma boa dose de bateria, Tangi fornece o primeiro verso da música. As letras são sexuais e detalham a forte atração de dois apaixonados.

Após o segundo refrão, Renato Sheik entra com o próximo verso e recita algumas linhas em espanhol. “Pouca Pausa” é bem estruturada e consegue captar a essência das letras através da instrumentação. As batidas midtempo inspiradas pelo R&B e os versos de rap são bastante convincentes, ao passo que a guitarra adiciona uma agradável vibe latina. O fluxo do chileno Neobeats, por sua vez, é um ótimo complemento para o verso do Sheik. Clau ficou a cargo apenas do refrão, mas conduz a melodia de forma atraente. Enquanto SPVic oferece um fluxo mais focado, Pedro Qualy ficou responsável pelo último e melhor verso da música. Suas palavras são mais exóticas e atrevidas, mas a forma como ele as recita é impressionante. “Vem agora, senta sem cansar / Ah meu Deus, assim eu vou casar / O que mais da vida eu vou querer / Vem de quatro, vem por cima, vem / Trabalhar de novo, de novo, de novo”, ele rima. Qualy colocou tanta força em cada linha que conseguiu atingir um belo falsete. “Pouca Pausa” merece todo o sucesso que está conquistando; é uma prova de que o pop e rap nacional também possuem músicas de qualidade.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.