Review: Aretuza Lovi – Joga Bunda (feat. Pabllo Vittar & Gloria Groove)

Lançamento: 19/01/2018
Gênero: Dance-pop
Produtores: Ruxell, Sérgio Santos e Pablo Bispo.
Escritores: Ruxell, Sérgio Santos, Pablo Bispo, Aretuza Lovi e Gloria Groove.

Lançada em 19 de janeiro de 2018, “Joga Bunda” é uma colaboração entre as drag-queens Aretuza Lovi, Pabllo Vittar e Gloria Groove. A faixa fará parte do próximo álbum da Aretuza, chamado “Mercadinho”. Como esperado, a canção foi muito bem recebido pelo público LGBT+, uma vez que trata-se da união das três maiores drags do Brasil. Bruno Nascimento, mais conhecido como Aretuza Lovi, nasceu em Cristalina, Goiás, e entrou para a música em 2012. Quatro anos depois, ela integrou o elenco da nona temporada do programa “Amor e Sexo”, e na metade do mesmo ano, lançou seu segundo EP, intitulado “Nudes” (2016). Recém-contratada pela gravadora Sony Music, Aretuza Lovi disse que o videoclipe de “Joga a Bunda” contou com 110 pessoas no processo e foi inspirado pelas americanas Katy Perry e Lady Gaga. No clipe, Aretuza, Pabllo e Gloria aparecem como funcionárias de um cinema, trabalhando como pipoqueira, operadora de caixa e fiscal de entrada, respectivamente. No final do vídeo, as três também aparecem dançando em cima de uma concha cheia de adornos extravagantes.

Em uma entrevista para o G1, Aretuza Lovi disse que a música é baseada no empoderamento e de jogar a bunda na cara do preconceito, da intolerância, do ódio gratuito e das pessoas que não te aceitam”. Produzida por Ruxell, “Joga a Bunda” é uma canção dance-pop introduzida por um disco riscado, forte sirene e batidas de tambor. “Ela para e manda quadradinho e panda / Faz um movimento no ritmo ragatanga / Filha de um bom samba, rainha da granja / Os galinhas perde porque ela não dá canja”, Aretuza canta nas primeiras linhas. Como a própria disse, é uma música focada no empoderamento da comunidade LGBT+. Depois do bassline, as contundentes batidas do pré-refrão preparam o ouvinte para a explosão do refrão. Ele é formado pela rápida repetição do título e acaba dando maior força à música. Enquanto Pabllo Vittar comanda o segundo verso, Gloria Groove entra com um rap na terceira parte. “Se a Aretuza convocou, a bunda eu vou jogar / Esse momento é meu, bee, eu não vou deitar / Um close de beleza, isso era de se esperar / O que eles não esperavam é Lovi, Groove e Vittar”, ela rima aqui. “Joga a Bunda” pode não ser a melhor música da discografia das três, mas conseguiu mostrar o poder da cultura drag!

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.