Review: Anitta – Veneno

Nesta sexta-feira, Anitta divulgou um EP intitulado “Solo”. O projeto havia sido anunciado no pink carpet do MTV Europe Music Awards, onde ela foi premiada com o título de “Melhor Artista Brasileira”. O EP possui três faixas, “Veneno”, “Não Perco Meu Tempo e “Goals”, cantadas em três línguas diferentes – espanhol, português e inglês, respectivamente. O título tem duplo significado para ela: “Porque sou eu comigo mesma. E também porque estou solteira”, ela disse nas redes sociais. “Veneno”, interpretada em espanhol, é um número de reggaeton com algumas semelhanças à “Downtown”, sua parceria internacional com J Balvin.

O videoclipe é um tanto quanto exótico e mostra Anitta envolta de dezenas de cobras. Ela segura as serpentes e as encanta com seu charme, enquanto faz referência ao veneno produzido por elas. O conteúdo lírico aborda um romance onde ela está totalmente no controle. “Cuidado onde pisa, você não sabe no que está se metendo”, ela canta. “Porque eu sou seu veneno, controlando seu corpo / Você me dá o que eu quero, eu sou teu veneno”. Apesar do ótimo videoclipe, a produção da música não é tão animadora quanto poderia ser. Anitta canta num tom mais grave do que de costume, mas os versos são monótonos e o refrão pouco animador. A guitarra acústica conduz a primeira parte da música, ao passo que as fortes batidas de tambor só aparecem no refrão. “Veneno” é uma música curta – com pouco mais de 2 minutos e meio – possui um balanço latino e um certo gingado, mas definitivamente não cativa como outros singles da Anitta. O refrão é sobrecarregado por efeitos auto-sintonizados que alteram sua voz e não tem uma melodia agradável. Enquanto isso, na segunda parte o sintetizador se torna mais onipresente e há um rap totalmente desconexo. Geralmente, as músicas da Anitta te pegam instantaneamente por causa dos refrões. Entretanto, “Veneno” possui um refrão repetitivo que, a cada nova escuta, fica mais intragável e maçante. Eu, particularmente, achei as outras duas faixas do EP um pouco mais interessantes.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.