Best New Music: Lana Del Rey – Mariners Apartment Complex

Lançamento: 12/09/2018
Gênero: Rock, Pop psicodélico
Produtores: Jack Antonoff e Lana Del Rey
Compositores: Lana Del Rey e Jack Antonoff.

No novo single da Lana Del Rey, “Mariners Apartment Complex”, produzido por Jack Antonoff, ela canta sobre pegar uma onda na praia. É sua primeira colaboração com o vocalista do Bleachers, mas como seria de se esperar, está longe de ser um single mainstream. Aqui, Del Rey pegou dois de seus temas favoritos, a tristeza e o romance, e os transformou em uma mistura extravagante, psicodélica e folk. “Mariners Apartment Complex” possui uma sensação familiar, especialmente com o seu último álbum de estúdio, “Lust for Life” (2017). Nas letras, Del Rey faz referências à cultura pop como, por exemplo, mencionando canções do Elton John e Leonard Cohen. É uma balada de rock sombria com piano, violão, tambor e algumas cordas. As letras são como sussurros, sugerem uma nova confiança e um forte senso de vulnerabilidade, especialmente quando ela canta: “Será que uma garota não pode simplesmente fazer o melhor que consegue?”. Em uma entrevista à BBC Radio 1, a cantora detalhou que um homem conversou com ela do lado de fora do complexo de apartamentos de seus amigos, dizendo que eles se davam bem porque estavam tristes de maneira parecida. Poucos artistas conseguem transformar a escuridão em beleza como Lana Del Rey. E como de costume, ela nos fornece vocais poderosos e belas nuances. “Mariners Apartment Complex” começa com o piano, algumas cordas e um sólido riff de violão, antes de chegar no refrão pela primeira vez. Quando esse momento chega, a faixa oferece uma linda e intemporal melodia.

O violão ecoa um som folk inspirado na segunda metade do “Lust for Life” (2017), enquanto o segundo refrão contém guitarras levemente psicodélicas. Elas trazem de volta a paisagem sonora mais escura que dominou o “Ultraviolence” (2014). Liricamente, é uma de suas canções mais completas, graças à sua interessante mensagem. Ela reflete sobre como um homem pode interpretar mal quem você é e como você age diante de suas fraquezas. Curiosamente, no primeiro pré-refrão, ela faz referência às praias. Se você acompanha Del Rey, já percebeu que ela tem várias músicas que fazem esse tipo de menção, incluindo “High by the Beach” e “13 Beaches”. Além de fazer tal referência, há também um agradável jogo de palavras: “E quem eu fui, foi alguém com você nessas praias / Sua vadia de Venice, sua teimosia, sua fraqueza / Talvez eu possa te salvar dos seus pecados”. Em seguida, ela continua referindo-se a Jesus, mas não de uma forma espiritual e canta no refrão: “Quando se perder, apenas pegue minha mão / Você está perdido no mar, então eu vou comandar seu barco de volta para mim / Não me procure longe demais, aí onde você está, é onde eu estou / Eu sou seu homem”. Enquanto isso, o segundo pré-refrão faz novamente alusões à espiritualidade: “Eu sou o tipo de pessoa que tem muita fé / Que as pessoas podem mudar, mas você não precisa abandoná-la / Quando todos estão falando, você pode se posicionar”. A produção de “Mariners Apartment Complex” é bastante minimalista, mas é isso que faz com que ela seja tão grandiosa e melancólica. Além disso, permite que a entrega vocal da Lana Del Rey ocupe o centro do palco.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.