Review: Zara Larsson & MNEK – Never Forget You

Álbum: Never Forget You – Single
Lançamento: 22/07/2015
Gênero: Dance, Eletropop, House
Produtores: MNEK e Astronomyy
Compositores: Ulzoechi Emenike, Zara Larsson, Arron Davey e Yaseen Zuberi.

A sueca Zara Larsson e o britânico MNEK uniram-se recentemente em um dueto muito interessante chamado “Never Forget You”. A cantora tem apenas 18 anos, mas já possui um hit internacional (“Lush Life”), enquanto MNEK (nome artístico de Uzo Emenike) já trabalhou para Madonna, Kylie Minogue, Diplo, Rudimental e Little Mix. Ambos resolveram unir forças, a fim de entregar uma elegante música EDM. “Eu costumava ser tão feliz / Mas sem você aqui me sinto tão deprimida”, Larsson canta nas primeiras linhas de “Never Forget You”. Através de uma voz angelical e uma forte melodia, a cantora introduz os primeiros segundos da música. É uma pista EDM com um pouco de tudo que encontramos de bom no pop. Ela possui sólidos elementos de música house e algumas influências trap.

Inicialmente, os versos iniciais de Larsson são acompanhados apenas por um piano. Mais tarde, o refrão aparece e prova ser a parte mais cativante de toda a canção. Na letra ouvimos a sueca lembrar tristemente de uma antiga paixão: “Eu olhei enquanto você ia embora / Mas parece que nunca consegui abrir mão de você / Pois uma vez você foi tudo para mim”. Quando chega no poderoso refrão, “Never Forget You” torna-se mais contagiante e orientado para o EDM. O coro em si é muito atrativo e pegajoso, uma vez que ambos artistas exibem grandes vocais. Antes de sua segunda parte, a canção fornece uma quebra instrumental e uma batida influenciada pelo trap. A partir daqui, ela acelera um pouco e ganha o auxílio de uma percussão adicional. Em seguida, MNEK canta o segundo verso e faz um dueto com Zara Larsson no refrão seguinte.

“E eu nunca irei querer muito mais / E em meu coração, sempre terei certeza / Eu nunca esquecerei você / E você sempre estará ao meu lado / Até o dia que eu morrer”, eles cantam no encantador refrão. O timbre dele, em especial, lembra muito o do cantor americano Jason Derülo. A ponte da música é a parte mais orientada para o house, visto que serve para criar um ótimo clímax. Aqui, Larsson exibe todo o seu alcance vocal ao mudar a melodia e atingir notas mais altas. O último minuto é realmente muito bom e uma das melhores partes da música. Em suma, “Never Forget You” é uma colaboração pop muito interessante, onde dois artistas talentosos mostram o seu melhor. Ambos colaboraram na escrita, produção e tiveram a oportunidade de oferecer um belo dueto.

70

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.