Review: YUNGBLUD & Halsey – 11 Minutes (feat. Travis Barker)

Lançamento: 13/02/2019
Gênero: Emo
Produtores: Matt Schwartz, Chris Greatti e Zakk Cervini
Compositores: Dominic Harrison, Ashley Frangipane, Matt Schwartz e Brynley Rose Plumb

Omulti-instrumentista Yungblud recrutou Halsey e Travis Barker (baterista da blink-182) para o seu novo single. “11 Minutes” é uma canção hipnótica que combina um trabalho de guitarra melancólico com uma bateria de alta qualidade. O dueto vocal entre Yungblud e Halsey apresenta a história de um casal que auto-sabota seu relacionamento antes mesmo de dar certo por causa de pressões sociais. O cantor britânico está atualmente na Austrália em uma turnê esgotada, então pareceu apropriado lançar um novo single agora. E que melhor maneira de comemorar o Dia de São Valentim do que lançando uma trágica história de amor. Este é o lançamento mais pop dirigido do Dominic Harrison e, sonoramente, se senta mais no reino de bandas como Linkin Park do que do próprio Yungblud. “11 Minutes” possui todos os ingredientes de um single de sucesso e, como mencionado, é o trabalho mais pop do Yungblud até o momento. Ela é impulsionada por um riff de guitarra descontraído, e instantaneamente cativante, que percorre dois versos e um irresistível refrão. E quando você pensa que o dueto chegou ao fim, a produção se transforma em algo completamente despojado, enquanto Halsey repete o refrão apenas sobre o piano. Enquanto isso, a inclusão de pesados tambores é uma cortesia de Travis Barker.

“Eu estou a onze minutos de distância / E eu senti sua falta o dia todo / Eu estou a onze minutos de distância / Então, por que você não está aqui?”, eles cantam. Depois de apresentar a introdução e o eventual refrão, Halsey fica encarregada do ofegante primeiro verso. Logo no início, está claro que o tema é completamente focado no amor: “Manchando meu corpo como se você fosse um vinho tinto / Você é o maldito ácido na minha alcalina / Você desliza o dedo do meio para cima e para baixo na minha espinha / Desculpe, não havia ninguém para se desculpar”. Posteriormente, Yungblud entra na segunda metade do verso, encarando Halsey com seu forte sotaque britânico. “Eu estou tão arrependido, eu estou tão arrependido / Eu tenho brincado com alguém e isso não está ajudando ninguém / E a aritmética do seu batom não funcionava / E agora estou doente, lançando ataques”, ele diz. Ao ouvir “11 Minutes” pela primeira vez, eu admito que estava cético em relação a essa colaboração. Mas é um single ambicioso e definitivamente interessante. No videoclipe, Yungblud tenta salvar Halsey de um acidente de carro, revivendo os eventos todos os dias. O visual mostra o músico passando pelos estágios da dor: negação, raiva, depressão e a eventual aceitação. Enquanto Yungblud corre para salvar Halsey de seu destino infeliz, ele acaba se concentrando em suas memórias juntos e percebendo que não pode salvá-la.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.