Review: Young Thug – It’ a Slime (feat. Lil Uzi Vert)

Lançamento: 17/08/2018
Gênero: Hip hop
Produtor: Wheezy
Compositores: Jeffery Williams e Symere Woods.

Lançada em 17 de agosto de 2018, “Slime Language” é uma coletânea da gravadora do rapper Young Thug, chamada Young Stoner Life Records. O registro conta com a participação de vários artistas do selo, além de Lil Uzi Vert e Lil Baby, e produções de nomes como Wheezy, Turbo, Keyyz, Smoke e Charlie Handsome. Não há experimentações ou dancehall por aqui, tudo está em sintonia com as tendências do rap de Atlanta. Não é tão revolucionário quanto os álbuns anteriores do Young Thug, mas é um bom registro. Quando você ouve as ad-libs de faixas como “It’s a Slime”, dificilmente você não abre um sorriso junto com ele. Wheezy é um produtor que consegue tirar um bom proveito da voz do Young Thug. Aqui, ele usou batidas de trap que mantém uma vantagem acentuada. Não há um refrão e a estrutura é pouco convencional. A presença do Lil Uzi Vert foi uma ótima opção, visto que ele complementa os versos do Thug. Dito isto, afirmo que, embora não seja impressionante, “It’s a Slime” é uma faixa muito divertida. O Lil Uzi Vert adiciona um pouco de variedade, mas não chega a ofuscar o Young Thug. Na verdade, sua presença é muito breve e seu verso demasiadamente simples. A melodia é traiçoeira e refinada, mas sua voz está recheada com auto-tune e as rimas são muito debilitadas.

O instrumental lúdico de “It’s a Slime” é rápido e o fluxo de Young Thug bastante agitado. Apesar de ser bem curta, com pouco mais de 2 minutos de duração, é a faixa mais interessante do álbum. A produção é o elemento que mais merece elogios, já que as letras não são tão inteligentes. Os versos do Young Thug são familiares e, de vez em quando, ele consegue apresentar algumas linhas humorísticas. A batida e as cordas fornecidas pelo Wheezy complementaram muito bem a estética dos dois artistas, permitindo que eles apresentem um som típico de Atlanta. “It’s a Slime” surge na sequência de “Up”, outra colaboração entre ambos lançada no mês passado. Enquanto “Up” era mais acessível e os mostrou no seu momento mais perturbado, “It’s a Slime” é muito mais suavizada e discreta. O resultado é uma faixa que se encaixa perfeitamente na zona de conforto dos dois rappers. No mês passado, Lil Uzi Vert e Young Thug afirmaram que gravaram mais de 1.500 músicas juntos. Isso certamente foi dito num tom de brincadeira, mas podemos notar que eles são muito amigos e possuem uma boa química. Mas apesar de compartilhar o mesmo estilo, ambos têm suas particularidades individuais. Aqui, Thug apresentou um fluxo muito mais forte e conseguiu demonstrar o potencial dos artistas de sua gravadora.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.