Review: Travi$ Scott – STARGAZING

Onovo álbum do Travi$ Scott começa com “STARGAZING”, uma faixa atmosférica que rapidamente define um tom psicodélico. Construída sob um carrossel de notas cintilantes, essa canção atinge o pico quando Scott grita: “Eu estava sempre no topo / Então essa garota entrou e salvou minha vida”. Eu só posso deduzir que essa garota seja Kylie Jenner salvando sua vida das drogas. A sensação psicodélica casou perfeitamente com seu estado induzido por efeitos ilícitos. Sua voz se digitaliza e inclina-se para momentos melodramáticos que poderiam ser descritos como futurista. Aqui, o rapper reúne sons imprevisíveis e perfeitas combinações musicais. Liricamente, esta canção abraça o sucesso e permite que ele derrame os horrores de sua educação. “Olhe para o céu, de joelhos para cima / Do nada, você veio aqui para salvar a noite”, ele diz. “STARGAZING” encapsula a dinâmica do “ASTROWORLD” (2018), antes que a batida reinicie como algo completamente diferente. Os arpejos de sintetizador crescem em determinados pontos e fornecem mais complexidade. É uma faixa tão experimental quanto cativante – uma mistura muito difícil de se fazer. Mas, surpreendentemente, ele fez isso e criou uma peça psicodélica cheia de batidas dilacerantes.

Dessa vez, Scott realmente nos leva para um falso estado de euforia. “Psicodélicos me deixam louco”, ele geme misteriosamente. Tudo soa verdadeiro nesse álbum batizado com o nome de um parque de diversões de sua cidade natal. Em “STARGAZING”, os portões do parque estão abertos, mas são substituído por uma nova energia por volta de 2 minutos e meio, quando a orquestra desaparece e é substituída por um instrumental mais rápido e otimista. Basicamente, esta música possui dois movimentos musicais distintos. O primeiro apresenta graves batidas e mergulha na música psicodélica. Notavelmente, o rapper está encharcado por auto-tune e outros efeitos vocais. Enquanto isso, a segunda parte é mais urgente, contundente e orientada para o trap. As duas partes são separadas pelo som de uma montanha-russa, conforme a batida muda completamente para algo mais expressivo e energético. É a partir desse momento que ele explica a inspiração por trás do título do álbum. Liricamente e em termos de fluxo, Travi$ Scott está pronto para os seus conceitos habituais. “STARGAZING” mostra o rapper na sua verdadeira forma; sob sintetizadores assustadores, um baixo pulsante e amostras vocais cortantes. E se há uma coisa que essa música nos mostra é que o seu novo álbum é completamente imponderável.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.