Review: The 1975 – Me & You Together Song

Olançamento do próximo álbum de estúdio da banda The 1975, “Notes on a Conditional Form”, está demorando mais do que o esperado – se você considerar que foi anunciado pela primeira vez ao lado do seu antecessor, “A Brief Inquiry into Online Relationships” (2018). Mas agora estamos finalmente chegando perto do seu lançamento, embora no início desta semana, Matty Healy informou que a data de lançamento foi adiada para 24 de abril de 2020. Além de anunciar a chegada iminente de “Me & You Together Song”, ele também prometeu que haveria mais três músicas, uma em cada mês, antes do álbum completo chegar. Após a recente reinterpretação de “The 1975”, a cáustico e chocante “People” e a deslumbrante “Frail State of Mind”, “Me & You Together Song” é mais uma curva à esquerda.

Desta vez, The 1975 está experimentando um som pop outonal cintilante que parece ter trilhado os créditos de algum romance dos anos 90. E como você pode esperar do título, a música parece catalogar um desejo ardente, conforme Healy canta sobre estar “apaixonado por ela há muito tempo”. “Me & You Together Song” é otimista e mantém um nível constante de energia, enquanto as letras arrebatadoras lembram o estado sonhador da maioria de sua discografia. Healy mostra orgulhosamente suas emoções, compartilhando sonhos de domesticidade entre guitarras agitadas, linhas de baixo robustas e tambores saltitantes. Romântico por ser nostálgico, ele canta letras como: “Sim, é você, você é quem faz eu me sentir bem”. Com “Me & You Together Song”, o quarteto abre espaço para obstáculos de menor escala e triunfos pessoais quase incompreensíveis. É uma música totalmente inofensiva, e talvez esse seja o ponto. Dada a imprevisibilidade, cada nova música da banda se torna surpreendente.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.