Review: Shawn Mendes – If I Can’t Have You

Lançamento: 03/05/2019
Gênero: Pop rock
Produtores: Scott Harris, Mark Williams & Volta, Shawn Mendes, Nate Mercereau e Teddy Geiger
Compositores: Shawn Mendes, Teddy Geiger, Scott Harris, Nate Mercereau e Dmitry Fedorov

Shawn Mendes já percorreu um longo caminho desde o lançamento de seu álbum de estréia, e tem continuamente mostrado maturidade enquanto navega pelas complexidades de seus primeiros anos da vida adulta. O canadense não esperou nem um ano após o lançamento de seu terceiro álbum para nos trazer músicas novas. O seu novo single, “If I Can’t Have You”, é uma faixa pop-rock com uma base de sintetizadores completamente radio-friendly. Mas nesse ponto ainda não está claro se é um lançamento avulso ou o primeiro single de uma nova era. É uma canção de amor dirigida pela guitarra com um refrão insanamente cativante, completamente de acordo com o que estamos acostumados a ouvir dele. Co-escrito pelos freqüentes colaboradores Teddy Geiger e Scott Harris, “If I Can’t Have You” foi criada sobre o som mais maduro e afetuoso do Shawn Mendes. Inflexões de R&B e disco podem ser notadas; a mesma estética que carrega a leveza romântica de músicas como “Lost in Japan” e “Where Were You in the Morning?”. O videoclipe é simples. Feito completamente em preto e branco, ele apresenta Shawn Mendes cantando diretamente para a câmera enquanto passeia por um estúdio, toca piano, corre em uma esteira e deita na cama para relembrar de sua ex.

A produção vocal se destaca principalmente no refrão. Além disso, há um bom traço dos seus falsetes. “Não importa, porque estou tão acabado / Passando todas as minhas noites lendo suas mensagens”, ele canta. O segundo verso e o pré-refrão permanecem frios, discretos e suaves na execução: “É errado eu não querer só metade? / Eu quero tudo de você, com todo o compromisso”. Shawn Mendes falou sobre a banda The 1975 ser a “maior inspiração” para essa música. Nas letras, descobrimos que ele estava profundamente apaixonado por essa garota. Nos versos, o cantor fala sobre como ele não ficaria satisfeito apenas com uma amizade ou mera aventura. Ele quer tudo dela e para sempre. E ele está pronto para aceitar todos os compromissos que acompanham um relacionamento. Embora as letras sejam bastante superficiais e repetitivas, elas são fáceis de compreender e a melodia é incrivelmente cativante. Essa música deu ao Shawn uma oportunidade perfeita para mostrar a natureza emotiva por trás de sua voz. A produção amarra todo o processo com guitarras rítmicas, sintetizadores e almofadas de bateria. E, enquanto a música transita para o refrão final, ela recebe um pequeno tom gospel recheado com aplausos.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.