Review: Scotty McCreery – Seasons Change (2018)

Lançamento: 16/03/2018
Gênero: Country
Gravadora: Triple Tigers
Produtores: Aaron Eshuis, Derek Wells e Frank Rogers.

Há uma sensação de otimismo, honestidade e esperança que permeia esse álbum. Por isso, ele aparenta ser um retorno triunfante para o Scotty McCreery.

Nascido na Carolina do Norte, Scotty McCreery ficou famoso quando venceu o American Idol em 2011. Seus dois primeiros singles, “I Love You This Big” e “The Trouble With Girls”, foram ambos certificados como platina nos Estados Unidos, assim como seu álbum de estreia, “Clear as Day” (2011). Em 2015, houve um falso começo de era com “Southern Belle”, canção esta que deveria ser o primeiro single do seu terceiro álbum. Consequentemente, Scotty McCreery trocou de selo e passou por várias mudanças profissionais e pessoais. Essas mudanças proporcionaram muito crescimento para o cantor. Pela primeira vez em sua carreira, ele ajudou a escrever todas as faixas de um álbum. Só isso faz com que o seu novo disco pareça mais pessoal. Certamente, “Seasons Change” possui um novo senso de maturidade. Um claro reflexo da sua vida atual que explora temas como amor, humildade e os altos e baixos da carreira. A nostalgia e reflexão dominam as onze faixas do repertório, conforme ele nos informa que é o amanhecer de um novo dia. “Seasons Change” não é muito diferente em relação ao seus álbuns anteriores, “Clear as Day” (2011) e “See You Tonight” (2013). É um registro que foca nas qualidades de McCreery, um cantor country que cresceu ao longo dos anos e agora está mais maduro.

A faixa-título, “Seasons Change”, dá o pontapé inicial e define um bom tom para o álbum. Repleta de otimismo e esperança, foi a primeira música que McCreery escreveu para o disco. Muita coisa mudou para ele desde que fez o teste para o American Idol aos 16 anos de idade. A música possui uma grande energia e descreve as mudanças de sua vida. Liricamente, bem como instrumentalmente, esta canção prova o quanto ele cresceu ao longo dos anos. “Wherever You Are”, um dos melhores momentos do álbum, encontra McCreery disposto a fazer o que for preciso para chegar à sua mulher. A melodia é decididamente radio-friendly e o refrão muito cativante. Outra canção otimista e instantaneamente agradável. Enquanto “Boys from Back Home” é uma celebração nostálgica com os velhos amigos, “In Between” tenta afastar sua conhecida imagem de bom menino. É o tipo de música que você normalmente ouve como a primeira faixa de um álbum de estréia, mas aqui ela aparece enterrada no meio. Embora possua um refrão infeccioso e instrumentos estridentes, é uma canção um pouco genérica e previsível. O primeiro single, “Five More Minutes”, dá o tom certo para o álbum, ao passo que é inspirado pelo falecimento do avô do Scotty McCreery. Co-escrita pelo próprio cantor, é uma daquelas músicas que te agarra graças às letras emotivas.

É uma música muito sentimental e pessoal que merecidamente conquistou o primeiro lugar do chart country da Billboard. Sonoramente, é uma peça impressionante e incrivelmente linda por si só. Ela fala sobre desejar apenas mais cinco minutos com um ente querido. Sua voz grave e profunda sussurra letras como: “Eu queria ter mais cinco minutos / Mais uma vez com ele / Para compartilhar uma xícara de café com ele / E ouvir sua voz novamente”“This Is It”, outra música incrivelmente pessoal, foi escrita duas semanas antes dele pedir sua namorada em casamento. Uma balada emocional com belas melodias e letras extremamente românticas. Com o lento desenvolvimento do refrão perfeitamente country, os riffs de guitarra entrelaçados e as notas de piano vão te agarrar com facilidade. Enquanto isso, “Wrong Again” surpreende graças ao ritmo rocker e furtivo, à medida que McCreery canta sobre se apaixonar mesmo quando não esperava. Essa música dá uma vantagem ligeiramente diferente para o cantor, mostrando que ele pode ser mais diversificado. O mesmo vale para o country-pop “Move It On Out” e “Barefootin'”, uma canção soulful com elementos jazzísticos e instrumentos de metal. “Still” é outra carta de amor para sua noiva com um refrão simples, mas muito eficaz.

Uma balada acústica que se encaixaria perfeitamente ao lado de “Five More Minutes”. As letras são muito românticas, conforme ele diz à sua noiva que ama como ela o faz se sentir. “Todo dia muda, mas isso não muda, o jeito que você me faz sorrir quando você diz meu nome”, ele canta. A faixa de encerramento, “Home in My Mind”, reflete sobre estar na estrada, enquanto sente saudades de sua família. A vida na estrada é difícil e McCreery traduz esses sentimentos nesta canção, porque não importa o quão ocupado você esteja, sempre lembrará da sua casa. A animada produção possui um som clássico dos anos 90, com bandolins e percussão fazendo o serviço. Já se passaram cinco anos desde o lançamento do “See You Tonight” (2013). Aos 24 anos, Scotty McCreery, como todos os jovens, amadureceu consideravelmente e cresceu até a idade adulta. Com o seu barítono distinto, ele carrega o álbum e mostra o seu talento como compositor. “Seasons Change” é um retrato íntimo de quem é Scotty McCreery em 2018, mas também define um modelo para os seus próximos álbuns. Há uma sensação de otimismo, honestidade e esperança que permeia todo o repertório. Por isso, “Seasons Change” aparenta ser um retorno triunfante para o cantor.

  • 62%
    SCORE - 62%
62%

Favorite Tracks:

“Five More Minutes” / “Barefootin'” / “Still”.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.