Review: Rouge – Bailando

Lançamento: 04/02/2018
Gênero: Pop, Pop Latino
Produtor: Umberto Tavares
Escritores: Umberto Tavares, Jeferson Junior e Fantine Thó.

Ogrupo Rouge foi um fenômeno no início do século XXI, fez tanto sucesso que o seu primeiro álbum vendeu mais de 2 milhões de cópias no Brasil. Um número surpreendente para a indústria fonográfica brasileira! Formado em 2002 no programa Popstars do SBT, o Rouge era composto por Aline Wirley, Fantine Thó, Karin Hils, Li Martins e Lu Andrade. Elas foram as cinco selecionadas entre 30 mil candidatas que se inscreveram no reality show. O primeiro auto-intitulado disco gerou hits que a consagraram na época, tais como “Ragatanga”, “Não Dá Pra Resistir” e “Beijo Molhado”. Depois de uma iminente separação em 2006, um possível retorno do grupo foi especulado nos últimos anos. Finalmente, em outubro de 2017, foi confirmado que o Rouge retornaria de maneira definitiva para alvoroço dos fãs. Lançado em 04 de fevereiro de 2018, “Bailando” é oficialmente o primeiro single do Rouge em treze anos! A música foi produzida e composta por Umberto Tavares, com co-escrita de Jeferson Junior e Fantine Thó. Em uma entrevista para a revista Billboard Brasil, Tavares explicou que “queria trazer a identidade delas (…) Eu queria que não ficasse distante do que as pessoas guardam delas na lembrança (…) Eu conhecia a discografia do grupo e essa relação com o espanhol ficou marcada na minha mente”.

“Bailando” é uma canção pop com fortes influências de música latina e todos os elementos que consagraram o Rouge. É uma faixa dançante marcada pela mescla de letras em português e espanhol, algo que já ouvimos anteriormente nos hits “Ragatanga” e “Brilha La Luna”. O single foi lançado oficialmente no dia 04 de fevereiro de 2018, mesmo dia na qual o grupo apresentou-se pela primeira vez na Rede Globo. No videoclipe, as cinco aparecem usando diferentes figurinos em meio a efeitos de luzes. Com o passar do tempo Aline, Fantine, Karin, Li e Lu amadureceram, entretanto, não perderam o charme do início da carreira. Mesmo que as letras sejam simples, “Bailando” consegue cativar com facilidade. “Todos arriba (baile, baile) / Todos abajo (baile, baile) / Então prepara (para mexer) / E bum bum bum bum bum / (¡Qué rico!)”, elas cantam no refrão. A faixa começa com licks de uma típica guitarra espanhola, seguida por algumas batidas de tambor. A mesma guitarra volta a aparecer em determinados momentos e reforça a paisagem latina da música. Os vocais, assim como há quinze anos, estão agradáveis e encantadores. “Bailando” pode não ser um smash instantâneo como “Ragatanga”, no entanto, deve ter matado a saudade de todos os fãs do Rouge!

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.