Review: ROSALÍA – Malamente

Lançamento: 30/05/2018
Gênero: New Flamenco, R&B alternativo, Pop Latino
Produtores: El Guincho e Rosalía
Compositores: Rosalía Vila, El Guincho e C. Tangana.

Enquanto o pop latino continua dominando as paradas cada vez mais, jovens artistas que cantam em espanhol estão aproveitando essa onda de interesse por sua herança musical. Rosalía Vila, de 24 anos, nascida na Catalunha, é um perfeito exemplo disso. Ela conquistou o público latino ao trazer o flamenco para o século XXI, fundindo essa tradição com sons eletrônicos e R&B. As palmas rápidas do gênero sustentam grande parte do ritmo, e ela freqüentemente emprega o lamento típico do estilo – um choro baixo e vibrante de desespero que torna a barreira do idioma redundante. Esta fórmula – tomando as tradições e polvilhando-as para o consumo contemporâneo – poderia parecer um pouco banal se não fosse pela nova fusão sonora que ela presta. Seu maior hit até então, chamado “Malamente”, chicoteia sem esforço entre gêneros e estilos, e dá um novo tom para o flamenco. Co-produzido pela própria cantora, esta canção consegue fundir perfeitamente os ritmos urbanos e flamencos, a fim de criar uma obra singular que nos mostra que Rosalía é uma das artistas mais originais e talentosas da Espanha. É apenas questão de tempo até ela se tornar uma artista aclamada e bem-sucedida mundialmente. O vídeo de “Malamente” é um pequeno pedaço da história da Espanha, coreografado por Charm La Donna, que trabalhou com Britney Spears e Selena Gomez.

Das aulas de touradas à performance na parte de trás de um caminhão em movimento, o clipe nos leva por um passeio intrigante através de seu mundo enigmático. Se você dissesse que o flamenco seria uma das coisas mais interessantes da música em 2018, certamente diriam que você está viajando na maionese. No entanto, Rosalía ficou conhecida justamente pela fusão incomum de flamenco e R&B, bem como por suas habilidades vocais ornamentadas. Desde que ganhou uma indicação ao Grammy Latino em 2017 e colocou sua voz em “Brillo” do J Balvin, Rosalía ganhou força na música latina. O ritmo do flamenco não é muito diferente das batidas de reggaeton, um padrão de bateria que alojou em todas as músicas lançadas no decorrer de 2017 e meados de 2018. Sua capacidade artística e voz poderosa não são rejeitadas em “Malamente”, assim como a elaboração do tema: a busca pela cura pessoal e o destino como um incentivo. Acrescente a isso a co-produção, que vem das mãos de El Guincho, e as fortes inclinações de R&B. Há palmas e cliques intricados substituindo a programação de bateria usual pelo qual o gênero é conhecido. Também há tambores, sintetizadores e mensagens em camadas, que levam a música para um território mais moderno e urbano. “Malamente” é uma música extremamente sedutora e aquela que consegue extrair o melhores tons da Rosalía.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.