Review: Meghan Trainor – NO

Álbum: Thank You
Lançamento: 04/03/2016
Gênero: Dance-pop, R&B
Produtor: Ricky Reed
Compositores: Meghan Trainor, Eric Frederic e Jacob Kasher.

Meghan Trainor ganhou o seu primeiro Grammy Award no mês passado e já está pronta para começar a divulgação de um novo disco. Em 04 de março de 2016, a cantora lançou a canção “NO” como primeiro single do seu segundo álbum de estúdio, intitulado “Thank You”. A maioria das faixas do seu álbum de estreia foram preenchidas por influências doo-wop e uma sonoridade típica das décadas de 50 e 60, em particular, devido as suas fortes harmonias. Entretanto, com este novo single, Meghan Trainor parece estar tomando uma nova direção musical. “NO” é uma canção dance-pop com elementos de R&B, que aponta para um som pop do final dos anos 1990 e começo da década de 2000. Inicialmente, “NO” tenta adicionar algumas harmonias doo-wop, através de uma melodia doce e uma breve introdução. Entretanto, isso é algo enganoso, passageiro e bem irrelevante, que acaba passando despercebido.

Depois de 15 segundos, a batida de tambor entra e ela canta: “Me nome é não / Meu sinal é não / Meu número é não / Você precisa deixá-la ir / Você precisa deixá-la ir / Precisa deixá-la ir”. De uma forma bem suave, porém desafiante, Trainor começa a apresentar o tema da música ao pedir para um cara não incomodá-la. A ofensiva batida de inspiração R&B é, logo em seguida, acompanhada por uma impetuosa e viciante guitarra elétrica. Conforme a música progride, a cantora deixa claro que não tem tempo para um determinado homem. “Primeiro você vai dizer que não esteve brincando / Pensando que eu estou acreditando em cada palavra / Me chama de linda / Tão original / Me dizendo que não sou como as outras garotas / Eu estava na minha zona antes de você aparecer / Agora estou pensando que talvez você deva ir”, ela canta no primeiro verso. Com a guitarra rasgando em sua instrumentação, “NO” é o tipo de single que vicia logo na primeira escuta.

Além disso, em outros momentos, teclas de piano e uma batida de hip-hop também auxiliam na composição da música. Mais tarde, canalizando um emponderamento feminino e uma auto-independência, ela canta: “Agradecemos antecipadamente, eu não quero dançar / Eu não preciso de suas mãos em cima de mim / Se eu quero um homem, em seguida, eu consigo um homem / Mas nunca é a minha prioridade”. Produzida por Ricky Reed, “NO” realmente faz um bom trabalho ao fazer Meghan Trainor distanciar-se do retrocesso das fortes influências doo-wop do seu primeiro álbum. A cantora não apenas concentra-se em uma nova direção musical, como faz isso de uma maneira muito interessante. “NO” é um single com grande potencial de hit, tanto que não será uma surpresa se ele repetir o sucesso de seus singles anteriores. Além disso, ainda é uma música que carrega toda a essência divertida de algumas músicas do “Title”.

72

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.