Review: Marília Mendonça – A Culpa é Dele (feat. Maiara & Maraisa)

Lançamento: 08/03/2018
Gênero: Sertanejo
Produtor: Eduardo Pepato
Compositora: Marília Mendonça.

Marília Mendonça estreou como cantora em 2015, ao participar de duas músicas da dupla Henrique & Juliano, “A Flor e o Beija-Flor” e “Impasse”. Em seguida, a goiana lançou o seu primeiro álbum em março de 2016. O sucesso veio rapidamente, principalmente depois que a faixa “Infiel” tornou-se um grande hit. Posteriormente, Marília Mendonça lançou outros singles de grande repercussão, como “Eu Sei de Cor”, “Amante Não Tem Lar”, “De Quem é a Culpa?” e “Transplante”. Ela se tornou uma das artistas brasileiras de maior sucesso, tanto que é a mais seguida no Spotify. Ademais, o seu canal no YouTube já ultrapassou a grande marca de 3 bilhões de visualizações. Ao se preparar para lançar o EP “Agora é Que São Elas 2”, Marília Mendonça divulgou o single “A Culpa é Dele”. É uma típica música de sertanejo em colaboração com a dupla Maiara & Maraisa. Certamente, Marília Mendonça possui algumas da canções mais cativantes do gênero. “Infiel” e “De Quem é a Culpa?”, por exemplo, são belas composições que mostram o melhor de sua voz. Entretanto, apesar do tom feminista por trás, “A Culpa é Dele” é uma faixa comum e despretensiosa com pouquíssimos atrativos.

É o single mais sem graça que a cantora lançou desde a sua estreia. Sobre acordes de violão, teclado e leves batidas de tambor, Marília Mendonça fala sobre um homem que ficou com ela e sua melhor amiga. A cantora ressalta que ele quase estragou a amizade das duas, porém, não permitiu que isto acontecesse. “O cara que eu tava deu em cima de você, foi? / E aí você ficou com ele, mas foi uma vez, ok / Do que cê tá com medo? De estragar a amizade? / Nem fica preocupada, a gente resolve mais tarde”, ela canta no pré-refrão. A letra de “A Culpa é Dele” é muito simples e faz uso de rimas demasiadamente fáceis. Além disso, a instrumentação é sem graça e as palavras faladas constrangedoras. As perguntas feitas ao longo da música soam bregas e o refrão é muito boring: “Se quem tava comigo era ele, a culpa é dele / Quem fez essa bagunça na nossa amizade é ele / Eu não vou deixar de ser sua amiga por causa de um qualquer / Que não respeita uma mulher”. Na minha opinião, “A Culpa é Dele” ficou muito aquém do esperado de uma colaboração entre a Marília Mendonça e Maiara & Maraisa.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.