Review: Ludmilla – Não Encosta (feat. DJ Will 22)

Lançamento: 20/04/2018
Gênero: Funk
Produtor: DJ Will 22
Compositor: DJ Will 22 e Ludmila Oliveira da Silva.

Anova música da Ludmilla, “Não Encosta”, com produção do DJ Will 22, chamou atenção por conter duas versões. Aquela que está disponível nas plataformas de streaming, como o Spotify, é a versão explícita (“Não encosta no meu baseado”). A outra é a versão do clipe produzido pelo KondZilla, onde Ludmilla pede: “Não encosta no meu namorado”. O DJ Will 22 já está no cenário carioca há mais de 10 anos e costuma fazer festar e bailes em boates do Rio de Janeiro. Além disso, ele é o DJ oficial da Ludmilla e produtor de funk para outros artistas. Com “Não Encosta”, ele fez seu primeiro lançamento pela Warner Brasil, uma parceria oficializada recentemente. O videoclipe produzido pelo canal KondZilla foi divulgado em 20 de abril de 2018, e mostra Ludmilla em cenas com um namorado, interpretado pelo modelo Rennan Queiroz. Ele aparece fumando um cigarro e jogando a fumaça na boca da cantora. Embora a palavra “baseado” não apareça no polêmico videoclipe, as cenas mostram referências diretas à versão explícita. “Não Encosta” já circulava pela internet há alguns meses, mas somente agora ganhou uma nova abordagem.

Provavelmente, foi opção da Warner Brasil em colocar a versão mais light no videoclipe, uma forma de preservar a imagem da cantora. “Pode me tirar tudo que eu tenho / Pode falar tudo que eu faço / Mas eu só te faço um pedido / Não encosta no meu baseado / Só não encosta no meu baseado”, diz a letra da versão original. “Não Encosta” serve como um retorno às raízes da cantora, especialmente por causa das batidas. Um riff estridente e agudo aparece em boa parte da música, e no geral trata-se de uma faixa bem mais crua do que seus singles de sucesso. Uma forte batida de funk-carioca surge em algumas seções e faz Ludmilla relembrar da época que se chamava MC Beyoncé. A melodia é despretensiosa e a letra curta e formada praticamente pelo verso acima citado. Juntamente com a frase, “não encosta no meu baseado, só não encosta no meu baseado”, podemos ouvi-la dizer palavras bem atrevidas (“Caralho essa batida dá tesão DJ / Caralho já tá apertado já”). Na seção intermediária, logo depois do refrão, há um segmento eletrônico distorcido que antecipa a explosão das batidas de funk-carioca. Pode não ser uma música surpreendente, mas é provavelmente o seu melhor single lançado em 2018.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.