Review: Luan Santana – Chuva de Arroz

Álbum: Acústico
Lançamento: 21/10/2015
Gênero: Pop
Produtor: Dudu Borges
Escritores: Luan Santana e Dudu Borges.

Lançada em 21 de outubro de 2015, “Chuva de Arroz” é o terceiro single do quarto álbum ao vivo do Luan Santana. A canção foi escrita pelo próprio e produzida por seu colaborador de longa data Dudu Borges. Comercialmente falando, a parceria de ambos sempre costuma dar certo e aqui não foi diferente. Hoje em dia, Luan Santana é constantemente citado como um dos maiores cantores de sertanejo do Brasil, embora seu repertório atual seja bem pop.

Suas músicas costumam ser bem datadas e carentes de inovação, visto que mantém um padrão na escolha dos arranjos, melodia, letras e demais elementos sonoros. Como esperado, “Chuva de Arroz” aumentou o seu catálogo de hits ao ser outra música de sucesso nas rádios. É uma canção que mostra com propriedade a total migração de Luan Santana para o pop. Musicalmente, é um single um pouco mais interessante, embora não ofereça qualquer amadurecimento lírico. “Chuva de Arroz” é uma típica declaração de amor, onde o cantor descreve algumas imagens românticas para uma mulher.

“Sabe aquela igreja? / Tô aqui na frente / Imaginando chuva de arroz na gente”, ele canta no refrão. A faixa começa com a guitarra acústica, antes de ganhar apoio da bateria, violão, baixo, teclado e uma orquestra. O arranjo e harmonia são detalhes que merecem atenção, visto que contém algumas cordas adicionais. Além da melodia em si, os cânticos de “oh, oh, oh, oh” também são peças bem grudentas. No geral, apesar de ser uma música um pouco enjoativa, “Chuva de Arroz” mostra algum diferencial se comparada aos seus maiores sucessos.

60

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.