Review: Justin Timberlake – Say Something (feat. Chris Stapleton)

Lançamento: 25/01/2018
Gênero: Country-Rock
Produtores: Justin Timberlake, Timbaland, Danja e Larrance Dopson
Escritores: Justin Timberlake, Larrance Dopson, Floyd Nathaniel Hills, Timothy Mosley e Chris Stapleton.

Uma semana antes do disco “Man of the Woods” ser lançado, Justin Timberlake nos apresentou “Say Something”, uma colaboração com Chris Stapleton. O cantor country se apresentou com Justin Timberlake pela primeira vez no Country Music Awards de 2015. Esse é, provavelmente, o single mais agradável que Timberlake lançou deste álbum até agora. “Filthy” é um eletro-funk obscuro que dividiu opiniões, enquanto “Supplies” é um faixa de R&B sem qualquer profundidade. Sem batidas exageradas e pesados sintetizadores, as guitarras acústicas dominam a produção de “Say Something”. É uma pequena fatia de country-rock com um refrão imensamente repetitivo. Certamente, possui a melhor melodia que ouvimos até agora nessa nova era do Justin Timberlake. Impulsionada pela guitarra acústica, handclaps e percussão, “Say Something” possui letras que, literalmente, não dizem absolutamente nada. “Às vezes, a melhor maneira de dizer algo / É não dizer absolutamente nada”, eles cantam com uma certa harmonia. Liricamente, ambos artistas não chegam a lugar algum. A letra é extremamente repetitiva, boring e sem sentido. Assim como “Filthy”, este single foi produzido por Timbaland e Danja, antigos e frequentes colaboradores de Timberlake.

Entretanto, em vez de criar um crossover country interessante, Timbaland e Danja preferiram adicionar uma percussão sem graça ao lado de algum trabalho de guitarra acústica. Este foi o ajuste ideal que Timberlake e Stapleton encontraram para trocar versos e cantar sobre nada: “Todos dizem: fale alguma coisa / Vamos falar alguma coisa, falar alguma coisa / Vamos falar alguma coisa, falar alguma coisa / Vamos falar alguma coisa / Não quero ficar preso nesse ritmo / Mas não posso fazer nada, não”. Infelizmente, “Say Something” é outra peça desconfortável com acordes repetitivos e letras desprovidas de significado. Depois de ouvir esta música por vezes suficientes, você percebe o quanto Justin Timberlake perdeu sua direção artística. Certamente, “Say Something” não é tão irritante quanto “Supplies”, afinal a melodia é agradável. Porém, se você estiver procurando por algo inteligente, pungente ou fresh, com certeza vai se decepcionar. Aqui, você não encontrará um refrão marcante e muito menos algo que possa te mover confortavelmente. Embora seja mais radio-friendly que os dois primeiros singles, “Say Something” não é forte o suficiente para tornar-se memorável!

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.