Review: Juice WRLD – Robbery

Lançamento: 13/02/2019
Gênero: Emo rap
Produtor: Nick Mira
Compositores: Jarad Higgins e Nick Mira

Juice WRLD surgiu ano passado graças a “Lucid Dreams”, uma canção onipresente que catapultou o rapper adolescente para o sucesso. Agora, como muitos da geração mais jovem, ele tem uma grande fã base por trás. Mantendo as coisas dentro do espectro emo, ele retornou com um novo single chamado “Robbery”. Sua voz está altamente expressiva e exagerada até certo ponto, mas possui um refrão particularmente atraente. Um dos seus melhores momentos ocorre no primeiro verso, onde ele combina uma abordagem vocal indolente com letras entorpecidas: “E agora eu estou bebendo demais, então eu vou falar com um insulto”. E no mesmo verso, ele questiona a legitimidade do amor de sua pretendente: “Seu amor é real? / De verdade? De verdade? / Seu amor é realmente verdadeiro?”. Além do trecho citado, ele canta no refrão: “Agora estou fugindo do amor dela, não sou rápido / Então estou piorando / Agora estou cavando um túmulo para o meu passado / Eu sou uma pessoa totalmente diferente / É um presente e uma maldição / Mas eu não posso reverter isso”. Há também uma ponte que incorpora uma ansiedade e certa confusão mental.

Você me deixa saber que o amor não é a resposta / Não a resposta, não a resposta / Eu amo drogas, então cuide dos meus modos / Eu fico chapado quando você não decide responder / Telefone para casa, preciso ligar para casa”. No mundo de “Robbery”, Juice WRLD precisa ter uma arma para lidar com a dor, jogar pedras em uma janela e ficar chapado para lidar com o fato de que a garota não atende o telefone. Mais uma vez, ele conseguiu misturar os mundos do emo e do hip-hop com eficiência. A faixa em si pode ser um pouco dramática, especialmente para aqueles que não estão familiarizados com seu estilo, mas é seguro dizer que ele descobriu uma fórmula vencedora. Escura e melodramática, “Robbery” é uma metáfora desajeitada sobre um amor destrutivo que roubou sua capacidade de amar novamente. Ela possui uma produção alimentada por algumas linhas de piano e uma batida igualmente cintilante e esparsa. Assim como “Lucid Dreams”, “Robbery” é uma balada de emo-rap que flui com uma produção delicada e letras sentimentais. Escute este single e fique de olho em seu próximo álbum, intitulado “A Deathrace for Love”, previsto para ser lançado em março de 2019.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.