Review: Juice WRLD – Lucid Dreams

Lançamento: 13/03/2018
Gênero: Emo Hip-Hop
Produtor: Nick Mira
Compositores: Jarad Higgins, Nick Mira, Dominic Miller e Gordon Sumner.

OJared Higgins, conhecido profissionalmente como Juice WRLD, é um rapper americano que virou um fenômeno do SoundCloud. O videoclipe de “Lucid Dreams” o ajudou a fechar um contrato com a Interscope Records e, imediatamente, lançar o álbum “Goodbye & Good Riddance” (2018). Desde que eu ouvi “Lucid Dreams” e, principalmente, “All Girls Are the Same”, fiquei surpreso com o talento do Juice. Ele tem apenas 19 anos de idade e faz parte da nova safra de rappers emo que surgiu nos últimos anos. “É tudo por amor, apenas tentando fazer música para ajudar as pessoas através de suas situações e contar a elas algumas das minhas”, ele disse. Depois de passar seus primeiros anos focando no rap, Juice WRLD resolveu trabalhar um estilo mais emocional e melódico. Seu primeiro álbum possui dezesseis faixas e permite ele mergulhar ainda mais nesse estilo. “Lucid Dreams”, por exemplo, mostra Juice WRLD utilizando ganchos melódicos que elevam as batidas de hip-hop sem sacrificar suas raízes.

Essa canção descreve que a dor mental do rapper surgiu após um rompimento amoroso. Nas primeiras linhas da música ele fala sobre a depressão que enfrentou após o término. “Eu ainda vejo suas sombras no meu quarto / Não posso ter de volta o amor que te dei / É até o ponto em que eu amo e te odeio / E eu não posso te mudar, então eu devo te substituir”, ele canta no início. A partir daí as coisas ficam cada vez mais tristes. Enquanto as letras costumam referenciar temas comuns, ele consegue fazer uma reviravolta significativa. A vibração dos vocais oscila um pouco, mas eu gosto da maneira como ele interpreta as coisas. Um dos maiores pontos de venda de “Lucid Dreams” é o conhecido riff de “Shape of My Heart” (Sting) que aparece por toda sua extensão. Sua entrega vocal possui um certo charme e boa cadência, enquanto a fusão entre o emo e hip-hop casou perfeitamente. Eu não sou um grande fã desse estilo, mas “Lucid Dreams” é uma música fascinante. Baseada no riff de guitarra de “Shape of My Heart”, esta faixa possui todos os requisitos de um hit.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.