Review: Future – Life Is Good (feat. Drake)

Future e Drake estão juntos novamente para espalhar um pouco de alegria e melhorar sua moral. Os dois detalham como é estar no topo do jogo e os desafios que ele apresenta com “Life Is Good”. Com esse single, eles estão acima de queixas e preocupações mesquinhas. No vídeo dirigido por Director X, ambos trabalham como lixeiros, vendedores de celulares, mecânicos e se divertem em um restaurante de fast food. As primeiras palavras de “Life Is Good” dobram essa noção: Drake reclama de ter que trabalhar nos fins de semana – provavelmente, se eu tivesse o dinheiro que o Drake tem, mal saberia que dia da semana era. “Life Is Good” funciona como um bom episódio do Saturday Night Live – afinal, são duas celebridades brincando e se divertindo com sua imagem.

Algumas das piadas são engraçadas, enquanto outras não. Future e Drake são colaboradores frequentes e formam uma dupla igualmente estranha e promissora – um duo com diferentes conjuntos de habilidades que geralmente se complementam. Eles já criaram clássicos juntos, além de lançar um bom álbum colaborativo. Eles estão lançando músicas juntos desde 2011, e este é seu primeiro lançamento depois de “Blue Tint”. Em “Life Is Good”, eles falam sobre o que os faz pensar que a vida é tão boa. Riquezas inimagináveis, marcas de luxo, mansões e os melhores carros do mundo. Segundo a WealthyGorilla, Drake tem uma fortuna avaliada em US$ 170 milhões em patrimônio líquido, enquanto Future é estimado em US$ 40 milhões pela CelebrityNetWorth. Então, a vida deles deve ser muito boa! Na primeira parte da música, o refrão é realizado por Drake. Ele canta sobre como teve que trabalhar duro para chegar onde está hoje.

Ele se orgulha de sua marca de relógios de luxo da Patek Philippe e suas visitas a Rosewood, hotel cinco estrelas de Londres. A batida muda rapidamente de sintetizadores arejados para graves pesados quando chegamos na parte do Future. Ele é enérgico e cativante, mas a falta de interação entre os dois faz com que pareça um pouco decepcionante. Aqui, Future se orgulha de manter sua namorada feliz comprando joias extremamente caras. Ele afirma que alguns anéis custam mais do que um carro Bentley. Nos dois versos que entrega, Future fala sobre sua riqueza ser imensa, que ele tem tudo e qualquer coisa à sua disposição. De mulheres a bebidas caras, drogas recreativas e veículos de luxo, não há nada fora do seu alcance. Em suma, “Life Is Good” é uma peça vazia onde eles tentam manter um relacionamento mutuamente benéfico e musicalmente viável.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.