Review: Franz Ferdinand – Feel the Love Go

Lançamento: 08/01/2018
Gênero: Dance-Rock, Eletrônica
Produtor: Philippe Zdar
Escritores: Julian Corrie, Bob Hardy, Alex Kapranos e Paul Thomson.

Antes do lançamento do álbum “Always Ascending”, os escoceses do Franz Ferdinand lançaram o single “Feel the Love Go”. Uma música infundida por uma linha baixo, sintetizador analógico e forte entrega vocal. Liricamente, é uma faixa inspiradora com atmosfera temperamental criada pelos vocais de Alex Kapranos. Em seu retorno, a banda resolveu apresentar dois novos membros: Julian Corrie e Dino Bardot. Com letras aparentemente repetitivas, embora atraentes, a nova era do grupo não tenta ser revolucionária. Dito isto, os dois primeiros singles não contém muitas falhas. Os instrumentos de “Feel the Love Go” é a melhor qualidade da música, pois mesclam a música eletrônica com o rock. Um número de dance-rock infeccioso com guitarras influenciadas pela disco-music, bateria energética e melodias familiares. Além disso, a redenção final de “Feel the Love Go” é complementada por um promissor saxofone, que acrescenta uma dimensão intrigante à música. O primeiro verso da canção possui vocais relativamente baixos, no entanto, o nível de energia aumenta conforme o pré-refrão aparece.

“Por que você não vem aqui? / Por que você não vem?”, Kapranos pergunta aqui. Essa mesma energia é transformada no cativante refrão. O segundo verso, por sua vez, possui um ritmo mais consistente e dançante. A partir daí, o pré-refrão retorna, enquanto a segunda interação com o refrão é ainda mais consistente. A ponte oferece um maior contraste, ao mesmo tempo que mantém o caráter dançante e groovy de toda música. A partir desse momento, a banda fornece um inesperado e delicioso solo de saxofone. Uma seção realmente sedutora e criativa, que expande a paleta sonora da canção. Ademais, o comprimento da música e o desempenho do grupo estão no ponto. “Feel the Love Go” é um single genuíno com um som familiar que todos os fãs da banda adoram. Franz Ferdinand pode não ser mais tão grande como nos tempos de “Take Me Out”, “The Dark of the Matinée” e “Michael”, porém, independentemente de sua fama comercial, não dá para negar que “Feel the Love Go” é um ótimo single. Apesar de não ser tão progressivo quanto a faixa-título, é uma canção bem mais acessível!

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.