Review: Flo Rida – I Don’t Like It, I Love It (feat. Robin Thicke & Verdine White)

Álbum: My House
Lançamento: 31/03/2015
Gênero: Rap, Pop, Funky
Produtores: soFLY & Nius e Yoan “Oddfellow” Chirescu.
Compositores: Alexander Izquierdo, Breyan Stanley Isaac, Geoffrey Early, Jamie Sanderson, Pierre-Antonie Melki, Raphaël Judrin, Thomas Troelsen e Tramar Dillard.

Assim como a maioria das músicas do Flo Rida, “I Don’t Like It, I Love It” é bastante cativante e provavelmente ficará presa em sua cabeça durante todo o dia. Lançada como segundo single do EP “My House”, a música caracteriza Robin Thicke e Verdine White, baixista da banda de Chicago Earth, Wind & Fire. O vídeo de “I Don’t Like It, I Love It” apresenta, como de costume, Flo Rida em uma festa de verão no Brooklyn flertando com várias mulheres. Depois de fracassar com o álbum “Paula” e ser acusado de plágio pela canção “Blurred Lines”, Robin Thicke reparece em 2015 com novas colaborações, uma delas com Flo Rida.

Ao lado de um rapper que dificilmente conhece a palavra flop quando trata-se de singles, Thicke tenta reaparecer novamente nas paradas musicais dos Estados Unidos. Em 2015, a propósito, Flo Rida conseguiu o seu décimo Top 10 com um banger viciante chamado “G.D.F.R”. Agora, gozando dos tons doces de Robin Thicke e do trabalho na guitarra e baixo de Verdine White, ele está atualmente divulgando “I Don’t Like It, I Love It”. Não dá para negar que essa música encarna tudo que uma música pop pede, juntamente com um humor viciante e apelo radio-friendly.

Entretanto, igualmente a vários singles do rapper é também uma faixa um tanto quanto descartável. Sua linha de baixo e guitarra são atraentes, mas a melodia fica sem graça depois de um certo tempo. Sem dúvida a vibe disco-funky, fornecida por Verdine White, é o principal charme da música. “Eu não gosto, eu amo isso, amo, amo, uh oh / Tão bom que dói / Eu não quero isso, eu tenho que, tenho que ter, uh oh / Quando eu encontrar a palavra, eu vou”, Robin Thicke canta no refrão. O conteúdo lírico é, resumidamente, isto que o refrão e o próprio título diz: o cara não apenas gosta, ele ama a sua garota.

63

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.

  • João Cortez

    Poderiam ter adicionado mais trechos diferentes a musica, nem que fosse tipo um solo eletrônico como de “lean on”, as cores do clipe é bem da hora. Alias, excelente trabalho com o blog já esta nos meus favoritos.

    • Leo

      Concordo João! É uma música legal, mas em certos momentos parece que ficou faltando algo. Obrigado, volte sempre! 😀