Review: FKA twigs – holy terrain (feat. Future)

FKA twigs está se preparando para lançar seu segundo álbum de estúdio no próximo mês e, no período que antecede o lançamento de “MAGDALENE”, ela divulgou um single chamado “holy terrain”. A faixa, que inclui um verso do Future, foi mencionada inicialmente em uma entrevista. Além da participação do rapper, o álbum apresenta um elenco eclético de colaboradores, incluindo Jack Antonoff, Nicolas Jaar, Cashmere Cat, benny blanco e Skrillex. Em abril, Twigs lançou a belíssima “Cellophane” juntamente com um videoclipe hipnotizante. Ela nos fez esperar por muito tempo, mas finalmente está pronta para lançar um novo projeto. Em termos de produção, “holy terrain” adota uma abordagem mais contemporânea e acessível do que a maioria de seus trabalhos. Há uma batida de trap distorcida e alguns cantos ao fundo, enquanto seus preciosos vocais ocupam o centro do palco. O rap do Future combinou perfeitamente com o restante da música. “Nós morremos, morremos juntos, a profecia completa / Nós ficamos chapados, tocamos o céu até morrermos”, ele recita.

Twigs certamente não precisa de um rapper convidado para prender nossa atenção, mas a presença do Future deu um novo ar para a música. Produzido por Jack Antonoff e Skrillex, “holy terrain” é sombria, esquelética e possui uma vibração pop experimental. Ela é facilmente uma das mulheres mais artísticas da indústria e permaneceu fiel à sua visão com esse single – com uma mistura peculiar de R&B alternativo, soul e hip-hop. “Você ainda me acha bonita / Quando minhas lágrimas caem como chuva?”, Twigs pergunta no pré-refrão. Enquanto ela optou por uma abordagem diferente na minimalista “Cellophane”, quis manter sua receita aqui. Mas assim como a citada, ela permanece vulnerável – cantando sobre desistir dos seus frutos e implorando elogios a alguém; suas emoções são extraídas de forma espetacular. Future possui algumas linhas de rap, mas são os vocais e falsetes da FKA twigs que transportam a emoção da música. Ela se contorce um pouco semelhante à Rosalía, mas com a atmosfera de Londres cobrindo qualquer ambiente. “holy terrain” parece uma continuação de “Fukk Sleep”, canção onde FKA twigs se adaptou com facilidade ao fluxo traiçoeiro do A$AP Rocky. Antes, ela pedia para o seu parceiro lhe tranquilizar com mentiras, quando fosse necessário. No entanto, “holy terrain” a vê se movendo para um lugar mais confiante e estimulante. “Roube um beijo quando estou perdida na névoa”, ela canta. No vídeo, Twigs monta um touro e executa movimentos coreografados com seus dançarinos sob um sinistro céu do deserto.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.