Review: Drake – God’s Plan

1Lançamento: 19/01/2018
Gênero: Trap
Produtores: Cardo, Yung Exclusive, Boi-1da e 40
Escritores: Aubrey Graham, Ronald LaTour, Daveon Jackson, Matthew Samuels e Noah Shebib.

Certamente, Drake está no auge de sua carreira, não é a toa que “God’s Plan” estreou em #1 na Billboard Hot 100. Em 19 de janeiro de 2018, ele lançou um EP com duas faixas, intitulado “Scary Hours”. A primeira faixa, “God’s Plan”, é um excelente exemplo da força de Drake como rapper. Embora tenha a mesma veia de “Hotline Bling”, é um lembrete necessário de que Drake ainda pode criar um rap comercial. Ele tornou-se muito mais popular cantando hits como a citada “Hotline Bling”, “One Dance” e “Passionfruit”, entretanto, ele não deixou de ser um rapper por causa disso. Produzida por Cardo, Yung Exclusive, Boi-1da e Noah “40” Shebib, “God’s Plan” é um hino essencialmente cativante e poderoso. Embora seja algo que poderíamos esperar do Drake, é uma canção trap de grande qualidade. Ela começa com um sintetizador enigmático, enquanto ele murmura na introdução: “É, eles desejam e desejam e desejam e desejam / Eles desejam pra mim, é”. Liricamente, é uma faixa sobre tentar ganhar a vida e ignorar os haters que aparecem no seu caminho.

“Ela diz: Você me ama? / Eu digo a ela ‘só em partes, eu só amo minha cama e minha mãe, sinto muito'”, ele recita na linha mais hilária da música. A programação de tambor que aparece na segunda metade do primeiro verso, auxília o canto em oposição ao fluxo do Drake. O refrão acaba sendo um pouco mais pop orientado do que o restante da música. Enquanto isso, a segunda parte possui uma abordagem mais agressiva. Além da imensa qualidade, “God’s Plan” já é inegavelmente um enorme sucesso comercial. A música quebrou o recorde de single mais reproduzido em um único dia no Spotify americano. Consequentemente, tornou-se o seu segundo single número #1 nos Estados Unidos como artista principal. Apesar do conteúdo lírico não ser inovador para Drake, o que distingue “God’s Plan” de outras faixas é a forma como ele aborda tal assunto. Ademais, é difícil resistir as incríveis batidas dessa música! Tanto “God’s Plan” quanto “Diplomatic Immunity” são melhores do que a maior parte das faixas do “Views” (2016).

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.