Review: DJ Khaled – Top Off (feat. Jay-Z, Future & Beyoncé)

Lançamento: 02/03/2018
Gênero: Hip-Hop
Produtores: DJ Khaled, Beyoncé e Joe Zarrillo
Escritores: Khaled Khaled, Shawn Carter, Nayvadius Wilburn, Beyoncé Knowles Carter e Joseph Zarrillo.

Intitulado “Top Off”, o novo single do DJ Khaled tenta continuar a série de hits que ele conseguiu no ano passado. A faixa está programada para ser incluída no seu próximo álbum de estúdio, nomeado de “Father of Asahd”. Esta canção soa bastante semelhante à “I Got the Keys” e “Shining”, conforme apresenta versos de Jay-Z e Beyoncé, e um refrão repetitivo do Future. Não é surpreendente ver DJ Khaled recorrendo à fórmulas e abordagens recicladas. Entretanto, ele não conseguiu se sair bem-sucedido desta vez. “Top Off” não possui a mesma sensibilidade pop de singles como “I’m the One” e “Wild Thoughts”, e está longe de possuir alguma qualidade artística. Mesmo com a presença de três fortes nomes da indústria, é uma música cansativa e extremamente boring. É difícil se apegar ao refrão repetitivo e irritante do Future, ao passo que Beyoncé carece de emoção durante o seu verso quase acapela no meio da música. Tanto Jay-Z quanto Beyoncé procuram um momento para defender o rapper Meek Mill, que está atualmente preso. “Eu faço toda a corrida sem cinto de segurança / Gritando, solte meu parceiro Meek Mill / Caras não podem empinar motos neste mundo livre / Enquanto isso, Georgie Porgie pecando e me fazendo ameaças”, Jay-Z diz.

O casal menciona o rapper, que foi preso por violar sua liberdade condicional, o usando como exemplo para mostrar o quanto a sociedade aprisona e maltrata milhares de pessoas negras todos os dias. Mais tarde, Beyoncé é muito mais direta e o apoia cantando: “No bairro, gritando: Solte o Meek!”. Depois de pedir que soltem o Meek Mill, ela declara: “Se eles estão tentando festejar com a rainha / Eles têm que assinar um termo de confidencialidade”. Future, por sua vez, preenche a canção com um refrão energético e igualmente chato: “Eu tirei a capota do Maybach / Eu tirei a capota do Maybach (…)”. Os seus vocais, como de costume, estão completamente auto-sintonizados. Em suma, “Top Off” é uma colaboração decepcionante entre quatro estrelas da indústria. É tão sem graça que eu senti dificuldades para encontrar algum elogio para a música. Esta faixa prova que, muitas vezes, DJ Khaled sufoca os convidados com suas ad-libs e produção datada. No papel, é uma parceria que poderia funcionar, afinal são grandes personalidades da música que estão envolvidas. Porém, neste momento eles não conseguiram criar algo no mínimo interessante.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.