Review: Demi Lovato – Sober

Lançamento: 21/06/2018
Gênero: Pop
Produtores: M-Phazes, Tushar Apte, Sam Romans e Mitch Allan
Compositores: Demi Lovato, Mark Landon, Tushar Apte e Sam Romans.

Oálbum “Tell Me You Love Me” (2017) foi lançado há pouco tempo, mas Demi Lovato já está de volta com um novo single. “Sober” sucede uma série de colaborações que ela fez com outros artistas, tais como Luis Fonsi, Jax Jones, Christina Aguilera e Clean Bandit. Essa canção é, provavelmente, a mais conflituosa, crua e perturbadora do seu catálogo. Lovato está lutando novamente contra o vício em drogas e álcool. Os fãs sabem que ela tornou-se uma pessoa famosa muito jovem e passou por momentos sombrios em sua vida. Aqui, Lovato admite que está tendo uma recaída e apresenta uma balada emocionalmente escura com letras bastante honestas. Ela pede desculpas aos pais, fãs e amigos por ter se rendido novamente ao vício. “E sinto muito pelos fãs que perdi / Que me viram cair novamente / Eu quero ser um exemplo / Mas sou apenas humana”, ela canta. O instrumental de “Sober” é bem simples e faz uso de um poderoso piano. Assim como o piano, as harmonias de fundo conduzem a tristeza e o peso das letras. Tudo concentra-se na luta pessoal e recaída da Demi Lovato. Ela lutou para permanecer sóbria, mas confessa que teve uma grande recaída.

O refrão é um forte pedido de desculpas aos seus pais por não está mais sóbria. “Mamãe, me desculpe, não estou mais sóbria / E papai, por favor, me perdoe pelas / Bebidas derramas no chão”, ela canta. A dor exalada pelos vocais é capaz de emocionar qualquer ouvinte. É surpreendente o quanto ela está vulnerável e comovente nesta balada. A honestidade e mensagem reveladora de “Sober” mostram que a cantora voltou para a escuridão. Desde sua reabilitação e o lançamento de “Skyscraper” em 2011, Lovato tornou pública sua luta contra o vício e transtorno bipolar. Durante os últimos anos, ela expressou orgulho por está sóbria e encorajou outras pessoas. No entanto, nesta canção ela está solitária, inconsolável e decepcionada consigo mesma. Musicalmente, “Sober” é uma balada de piano despojada com uma abordagem minimalista e melodia encantadora. É a canção mais emocionalmente pesada da Demi Lovato. Não é uma música fácil de ouvir, porque você consegue se conectar com cada palavra que ela diz. No final, temos um pedido de perdão e promessa de que ela vai procurar ajuda novamente. “E sinto muito por estar aqui novamente / Eu prometo que procurarei ajuda / Não era minha intenção / Sinto muito por mim mesma”, ela diz.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.