Review: Caribou – You and I

Daniel Victor Snaith é um músico canadense que se apresenta sob os nomes artísticos Caribou, Manitoba e Daphni. Snaith originalmente gravou sob o nome artístico de Manitoba, mas depois de ter sido ameaçado com uma ação judicial por Richard “Handsome Dick” Manitoba (nome real Richard Blum), ex-The Dictators, mudou seu nome para Caribou. Os álbuns anteriores do Snaith foram relançados sob o novo nome, e “The Milk of Human Kindness” (2015) foi divulgado pela Domino. Em 2005, Snaith recebeu um doutorado em matemática pelo Imperial College London, pelo trabalho em “Overconvergent Siegel Modular Symbolssob” sob Kevin Buzzard. Snaith descreveu seu trabalho como “original, mas eu ainda o chamaria de trivial”. A linha entre os diferentes alicerces musicais de Dan Snaith sempre foi bem clara.

Como Caribou, ele abordou uma mistura expansiva de paisagens sonoras psicodélicas e uma house music melancólica; como Daphni, ele produz faixas despojadas e cheias de amostras. É improvável que você confunda um com o outro. Mas no mês passado, quando lançou “Home”, a primeira música nova do Caribou em cinco anos, parecia que seus fios haviam se cruzado. Construída sobre um suculento laço de soul dos anos 60, a música parecia profundamente informada pela propensão de Daphni por fazer funk e disco. Com “You and I”, no entanto, o pêndulo volta a um som e humor que são essencialmente Caribou. Os sintetizadores são almofadados e coloridos; a bateria alterna entre o new wave dos anos 80 e uma espécie de câmera lenta; e o seu falsete melancólico soa melhor do que nunca. Tudo parece um banquete de tons e texturas – até mesmo a ponte inesperada que entra em uma espécie de porta lateral. A produção é tão vívida que pode demorar algumas escutas para reconhecer a dor no coração da música. Dan Snaith já havia cantado sobre perda anteriormente, mas na ausência de “You and I”, ele assume uma forma totalmente nova, enquanto lida com as consequências da morte de um ente querido. É provavelmente o mais vulnerável que ele já soou até hoje.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.