Review: Cardi B – I Like It (feat. Bad Bunny & J Balvin)

Sendo filha de uma mãe afro-trinidadiana e pai dominicano, Cardi B permaneceu fiel à sua cultura em “I Like It” – canção que apresenta o porto-riquenho Bad Bunny e o colombiano J Balvin. Uma faixa trap com uma forte vibe latina e ritmo inspirado pela salsa. Resumidamente, é uma canção incrivelmente cativante que homenageia a herança latina da Cardi B. Ela contém sample de “I Like It Like That”, canção de 1967 do cantor americano Pete Rodriguez – um sinônimo da ascensão do boogaloo (movimento dos anos 60 que mistura R&B, soul e mambo). Embora “Invasion of Privacy” (2018) possua faixas pesadas, ele também contém ofertas mais leves como “I Like It”. Uma das melhores e mais autênticas canções da rapper até hoje. Ao longo da amostra do Pete Rodriguez, Cardi B uniu forças com dois hitmakers do mercado latino a fim de produzir um som completamente envolvente. Seguindo os passos de “Narcos” do Migos, esta música é perspicaz ao abraçar as influências latinas. Embora já tenha colaborado com J Balvin no remix de “Ahora Dice”, foi surpreendente ver dois artistas latinos no álbum. Ademais, esta canção é o mais próximo que Cardi B chegou da música pop. Dito isto, “I Like It” faz um bom trabalho ao mostrar sua personalidade, franqueza e humor num único lugar.

Sob um instrumental contagiante, instrumentos de metal e uma excelente batida, Cardi fala sobre o quanto gosta de milhões de dólares, diamantes e conversíveis. Certamente, esta é uma das minhas músicas favoritas do seu primeiro álbum. É tão divertida, alegre e cativante! “Tenho uma cidade de diamantes inteira no meu colar / Eu disse que gosto assim / É comprovado, você sabe que eu sou de gangue / Eu disse que gosto / Chego no conversível e deixo todos de boca aberta / Eu disse que gosto assim / Oh, ele é tão bonito, qual é o nome dele? / Eu disse que gosto / Oh, eu preciso de dólares / Eu disse que gosto assim”, ela diz no refrão. No primeiro verso, Cardi ostenta seu amor por determinadas coisas, enquanto Bad Bunny se mantém fiel à forma e faz várias referências à cultura pop. Ele também nos surpreende com alguns trechos em inglês, cantando: “Você compra todas as Jordans, bobo, eles dão de presente pra mim / Eu gasto no clube, o que você tem no banco / Isso é a nova religião, bang, na gangue latina, sim, gangue”. J Balvin, por sua vez, surge para um final divertido onde ele se gaba de “Mi Gente” tocar em todos os lugares. O rap de Cardi B transmite muita confiança, ao mesmo tempo que ela faz insultos intransigentes. Ela é uma artista autoconsciente e flexível, e com “I Like It” conseguiu criar uma peça cultural que presta homenagem às suas raízes.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.