Review: Biel – Melhor Assim (feat. Ludmilla)

Álbum: Juntos Vamos Além
Lançamento: 01/04/2016
Gênero: Pop, R&B
Produtor: Hitmaker
Escritores: Jonathan Couto, Luan e Sarah Souza.

A faixa “Melhor Assim”, com participação de Ludmilla, foi lançada como segundo single do álbum “Juntos Vamos Além” de Biel. Contratado da Warner Music, Biel é no momento um dos nomes mais comentados do pop nacional. Mas, em meio ao recente lançamento do seu primeiro álbum de estúdio, ele protagonizou uma grande polêmica. O cantor, atualmente com 21 anos de idade, foi denunciado por uma repórter do portal iG por assédio sexual, durante uma entrevista ocorrida em São Paulo. Um material, contendo áudios e vídeos do diálogo, provam a péssima atitude do cantor. Sem dúvida, foi um acontecimento lamentável e um claro crime de assédio sexual. Controvérsias a parte, o clipe de “Melhor Assim”, dirigido por Felipe Sassi, que já trabalhou com Ludmilla em “24 Horas Por Dia”, foi divulgado em 08 de abril de 2016.

No vídeo, ambos artistas contracenam como dois amantes, trocam carícias e mostram alguma química. A história se passa em um hotel, onde Biel é um funcionário e Ludmilla uma cliente. Embora o enredo seja bem fraco, a produção geral é muito interessante. “Melhor Assim” é uma canção um pouco diferente dos seus outros singles, como por exemplo, “Demorô” e “Química”. Ela possui uma pegada urban e uma batida mais lenta que o habitual. Musicalmente, segue uma linha tênue entre o pop e R&B, intercalado por um pseudo rap de Biel. Ele claramente não tem um bom alcance vocal e, muito menos, um fluxo adequado para quem quer executar versos de rap. Biel falha drasticamente na tentativa de narrar sua letra através do rap, uma vez que não tem qualquer fôlego ou agilidade para tal.

A canção é construída em cima de um baixo esganiçado, uma percussão, leves sintetizadores e um arranjo de cordas. Ambos cantores, aparentemente, tentaram recriar uma estrutura muito utilizada em canções americanas de hip-hop e R&B. Entretanto, o saldo final deixou muito a desejar. Vocalmente, Ludmilla é extremamente limitada, tanto que parece desafinar até na versão de estúdio da música. Eu, particularmente, não acho o seu timbre atrativo e agradável de se ouvir. Pelo mesmo motivo, em determinados momentos, sua voz soa muito irritante. Como se não bastasse a fraca interpretação vocal de Biel e Ludmilla, a letra da música não favorece em nada.

Do mesmo modo, as rimas são completamente forçadas, o melhor exemplo disso é o verso de Biel: “Logo comigo que o coração batia na sola / Desleixado, bicho solto / Sem mulher na cola / Já pequeno namorava 5 minas na escola / E você pegou meu coração e levou na sacola”. Essa última linha, em especial, consegue ser constrangedora e pode causar vergonha alheia em qualquer ouvinte. O rap é uma improvisação poética, onde a letra precisa ser mais importante que qualquer melodia. No entanto, em “Melhor Assim”, isso foi completamente deixado de lado. Biel pode ser muito carismático, mas, com exceção de algum adolescente, essa canção dificilmente vai agradar outro público.

25

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.