Review: Avicii – Waiting for Love

Álbum: Stories
Lançamento: 22/05/2015
Gênero: House Progressivo
Produtores: Salem Al Fakir, Avicii, Martin Garrix e Vincent Pontare
Compositores: Salem Al Fakir, Simon Aldred, Tim Bergling, Martijn Garritsen e Vincent Pontare.

“Waiting for Love” é uma canção de Avicii produzida em colaboração com o holandês Martin Garrix e com vocais, sem créditos, de Simon Aldred, vocalista da Cherry Ghost. A faixa foi lançada em 22 de maio de 2015 como primeiro single do mais novo álbum do DJ, intitulado “Stories”. “Waiting for Love” foi apresentada pela primeira vez no Ultra Music Festival 2015, tanto por Avicii como por Martin Garrix. Antes de seu lançamento oficial, muitos pensavam que a música teria sido uma plena colaboração entre Garrix e Berling com vocais de John Legend. Depois de alguns vídeos e mensagens pelo Twitter foi confirmada a colaboração, porém, com vocais confirmados de Simon Aldred. Mas é, tecnicamente, uma faixa solo de Avicii, visto que Martin Garrix só possui créditos na produção.

O seu vídeo lyric transporta a sensação positiva da canção, onde mostra um cachorro atravessando campos de batalha em busca de seu proprietário que tinha ido lutar. Do mesmo modo, o vídeo oficial apresenta um senhor, que foi deixado por sua esposa, saindo atormendado de casa à sua procura. Ambos vídeos possui contos emocionais sobre o amor, bastante apropriado para a música como um todo. Desde o início, “Waiting for Love” começa com riffs de piano e uma melodia otimista, antes de Simon Aldred introduzir seus melódicos vocais juntamente de uma pulsante batida de tambor. Ele fornece um vocal que parece de acordo com o gosto de Avicii, e a combinação atraente entre eles funcionou bem. Pouco tempo depois, o refrão é apresentado antes do primeiro interlúdio de Avicii acumular-se.

Aldred estabelece para a música uma mensagem de esperança: “E se há amor nesta vida, não há obstáculos / Que não podem ser superados”. Enquanto no refrão ele dá uma sensação de vazio que anseia por ser preenchido: “A segunda-feira me deixou quebrado / Na terça, cansei de esperar / Na quarta, meus braços vazios se abriram”. Gozando de uma melodia contagiante, acordes infecciosos e riffs cativantes, essa faixa soa semelhante a um monte de canções que encontramos no “TRUE”, primeiro álbum do DJ. Também é uma canção muito comercial, com uma sonoridade e vocais andando em uma linha tênue entre o pop e o house progressivo. A canção acaba deixando qualquer um com uma sensação de euforia, Avicii parece ter um talento especial para isso.

70

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.