Review: Ariana Grande – thank u, next

Há dois meses, Ariana Grande lançou seu quarto álbum de estúdio, mas ela já está pronta para recomeçar uma nova era. Muita coisa aconteceu em sua vida pessoal, desde então. Seu ex-namorado Mac Miller teve uma overdose e faleceu, enquanto seu relacionamento com o comediante Pete Davidson, de quem ela estava noiva, terminou. Quando ele fez uma piada referente ao seu relacionamento com ela, em uma prévia do Saturday Night Live, Grande foi ao Twitter rebater usando letras de uma nova canção intitulada “thank u, next”. Trata-se de uma homenagem brincalhona aos seus ex-namorados, incluindo Big Sean, Mac Miller, Pete Davidson e Ricky Alvarez. É uma prova de que ela está feliz e quer seguir em frente. “Eu pensei que ficaria com o Sean / Mas não éramos compatíveis / Escrevi algumas músicas sobre Ricky / Agora eu as escuto e rio / Até quase me casei / E, por Pete, sou muito grata / Gostaria de poder agradecer ao Malcolm / Porque ele era um anjo”, ela canta no primeiro verso. Honestamente, a linha dedicada ao Mac Miller é de partir o coração. No segundo verso, Grande declara que não precisa de mais ninguém além de seus amigos e de si mesma.

Depois de agradecer pelo o que cada um te ensinou, ela proclama no refrão: “Obrigado, próximo / Eu sou tão grata pelo meu ex”“thank u, next” detalha as lições que ela aprendeu e os erros que cometeu em seus relacionamentos. Liricamente tem um sentimento poderoso – onde ela quer assumir o controle de sua própria narrativa. De forma leve e cativante, vemos Ariana Grande promovendo o amor-próprio, que deve ser conquistado depois de aceitar a dor e superar as mágoas. A princípio, o título pode soar um pouco ríspido, como se ela não se importasse com seus ex-namorados. No entanto, depois de ouvir a música, fica claro que esse não é o caso. No refrão, ela diz que é grata por seus ex, mesmo depois que eles lhe causaram dor. Além das letras sinceras, a produção é polida e a melodia imensamente contagiante. Sonoramente, “thank u, next” pisa no mesmo território do “Sweetener” (2018), mas com acenos para o “Dangerous Woman” (2016). O instrumental é consistente e a batida permanece agradável durante toda a sua execução. Indo para uma direção mais suave e sensual, seu charme brilha ainda mais. Inicialmente, “thank u, next” começa com uma simples melodia de teclado, mas depois fornece uma batida cintilante. Enquanto ela se move, mais camadas são adicionadas suavemente na mixagem, fazendo tudo soar natural. É uma música doce e arejada com uma leve produção eletrônica, que combinou elementos de R&B contemporâneo com synth-pop. “thank u, next” é bem interpretada, bem produzida e transmite o atual estado mental da Ariana Grande após um ano tão difícil. Uma canção bem sucedida e agradável por todos os meios.

São Paulo, profissional de Recursos Humanos, apaixonado por músicas, filmes, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.