Resenha: Troye Sivan – TRXYE (EP)

Lançamento: 15/08/2014
Gênero: Pop, Eletropop
Gravadora: EMI Music
Produtores: Troye Sivan, Matthew Norman, Brandon Rogers, Thomas Rawle, Alex Hope e Paul Carter.

Troye Sivan Mellet, conhecido apenas por Troye Sivan, é um cantor/compositor sul-africano de apenas 19 anos. Ele nasceu em Joanesburgo, África do Sul, mas sua família mudou-se para a Austrália quando ele tinha apenas dois anos de idade. Em 26 de Junho de 2014, Sivan anunciou publicamente, através de seu canal no YouTube, que tinha assinado um contrato com a gravadora Universal Music. Lançou o seu EP, intitulado “TRXYE”, em agosto de 2014, através da EMI Music Austrália. Sivan também é muito conhecido por fazer regularmente vídeos para o YouTube, sendo que em agosto, o seu canal já tinha mais de 2,5 milhões de assinantes e mais de 112 milhões de visualizações totais. O “TRXYE” é o seu terceiro EP (primeiro assinado com uma grande gravadora) e conta com 5 faixas. Foi precedido pelo lançamento de dois singles, as canções “The Fault in Our Stars” e “Happy Little Pill”. Estreou em #5 lugar nos Estados Unidos, vendendo 30 mil cópias em apenas três dias de vendas.

“Happy Little Pill” foi escrita por Troye Sivan, Matthew Norman, Brandon Rogers e Tat Tong. “É sobre a solidão e as diferentes maneiras que as pessoas lidam com as coisas que estão acontecendo em suas vidas”, disse Sivan à respeito da faixa. É um verdadeiro hino pop, surpreendentemente maduro e obscuro, com uma letra melancólica e uma influência eletrônica. Essa canção beira a perfeição, os vocais emotivos dele transmitem um sentimento sombrio e uma melancolia que artistas como Lorde, usam como ponto forte. O som começa misteriosamente com uma escuridão enigmática, que logo é invadida por sintetizadores, vocais puros e um refrão muito contagiante. A faixa seguinte é “Touch”, uma canção que possui um toque sensual e contém emoções perfeitamente bem misturadas. É igualmente delicada e sexy, iniciando quietamente com vocais macios, que depois te levam para um refrão eletrônico enlouquecedor.

Troye Sivan 2

“Fun” é a terceira faixa e um dos momentos mais brilhantes do EP, possui vocais despreocupados de Sivan que escondem o significado mais sinistro da letra. Ele ironicamente refere-se à violência no Oriente Médio através de uma melodia alegre, que transmite o estado de espírito do título da música. É, definitivamente, uma canção nostálgica e divertida com cara de um hino grudento de verão. “Gasoline”, por sua vez, é o momento mais pessoal do EP. Uma balada de amor bastante madura, considerada uma das favoritas do jovem cantor. Ele canta essa música com tanto remorso e uma convincente honestidade, que torna-se arrepiante. A letra aborda um relacionamento destruído e é acompanhada por um suave piano. A quinta e última canção do EP é uma versão atualizada de “The Fault in Our Stars”, que é inspirada no romance de John Green: “A Culpa é das Estrelas”. Dispõe de acordes quebrados de piano e uma percussão ressonante. É uma faixa romântica, que constrói uma bela textura e entrega uma interpretação realmente emocionante.

A letra é simplesmente linda e comovente: “E eu não quero deixar isso ir / Eu não quero perder o controle / Eu só quero ver as estrelas com você / E eu não digo adeus / Alguém me diga por que / Eu só quero ver as estrelas com você”. Os vocais relaxados de Troye Sivan são viciantes e apesar de todas as canções serem ótimas, as três primeiras são os verdadeiros destaques desse EP. Ele é um garoto de muitos talentos e merece bastante reconhecimento pelo seu trabalho. O “TRXYE” foi uma forte e boa primeira impressão de Sivan como artista e conseguiu transmitir uma história através das letras. O EP é sensacional, possui um equilíbrio entre elementos alegres e pesados, aborda momentos reflexivos sobre temas como amor, solidão e dependência. É um material impressionante, que demonstrou um certo nível de maturidade desse jovem de 19 anos, que teve postura e coragem suficiente para revelar à sua família e ao público que é homossexual. Mesmo ele não possuindo um vocal exemplar, a sutileza e equilíbrio da sua voz é realmente surpreendente. Atualmente, Troye Sivan já está no processo de composição e gravação do seu primeiro álbum de estúdio, e eu espero ansiosamente para ouvir.

80

Favorite Track: “Happy Little Pill”.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.