Resenha: Nicholas McDonald – In the Arms of an Angel

Lançamento: 17/03/2014
Gênero: Pop
Gravadora: RCA Records
Produtores: Paul Barry, Paul Meehan e Zach London.

Nicholas McDonald é um jovem cantor escocês, de 17 anos, que foi vice-campeão da décima temporada do The X-Factor UK em 2013. Após o reality show, ele assinou um contrato com a gravadora RCA Records e lançou o seu primeiro álbum, “In the Arms of an Angel”, em março de 2014, que chegou a estrear em #6 na parada de álbuns britânica. McDonald nasceu em Wishaw, Escócia, é filho de Elieen e Derrick McDonald, e tem três irmãos, um mais velho chamado Keivn e outros dois mais novos chamados Lewis e Antonia. Ele também sofre com uma condição cardíaca rara, a Síndrome do QT longo, sendo que quase morreu aos oito anos de idade por conta disso. Em 4 de junho de 2013, McDonald fez o teste em Glasglow para o X-Factor ao cantar “You Raise Me Up” (Secret Garden), recebendo uma reação mista dos jurados. Gary Barlow disse: “Eu acho que no período de um ano você poderia ser um dos finalistas, portanto, por essa razão, por enquanto eu vou dizer não”.

Entretanto, os outros três juízes, Louis Walsh, Nicole Scherzinger e Sharon Osbourne, disseram “sim” e ele foi aprovado. Em 8 de dezembro de 2013, junto com Sam Bailey e Lucas Friend, McDonald chegou à final do programa. Ele tornou-se o primeiro concorrente escocês a conseguir esse feito desde Leon Jackson em 2007. Em 14 de dezembro, ele fez um dueto com o ex-cantor do Westilfe, Shane Filan, e foi anunciado como um dos finalistas ao lado de Sam Bailey, que acabou sendo campeã. Após o término do reality show, McDonald decidiu concentrar-se em sua carreira como cantor e disse adeus para sua escola. Em janeiro de 2014, ele anunciou que havia assinado com a RCA Records e lançaria seu primeiro álbum em março do mesmo ano. “Quando eu descobri que estava assinando com a RCA, me senti na lua, pois sabia que eles trabalharam com alguns dos maiores artistas do mundo”, disse McDonald à respeito do contrato. “Me sinto absolutamente incrível em gravar meu próprio álbum e mal posso esperar para lança-lo e dar algo a todos os fãs que me apoiaram desde o começo”, finalizou.

O disco traz um repertório com 11 faixas, principalmente covers que possuem um significado pessoal para ele e sua família. Entre os covers, temos canções de Bruno Mars, Adele, Westlife e Christina Perri. Apenas três faixas são originais, duas delas escritas por McDonald: “Answerphone”, lançada como primeiro single, “Smile” e “Solid Gold”. Gravado em um período de sete dias, o álbum foi inspirado pela música “Angel” de Sarah McLachlan, uma das canções favoritas do cantor. A voz angelical de McDonald realmente conquistou os telespectadores do X-Factor, que após o seu término, pode prosseguir com sua carreira musical. “In the Arms on an Angel” é uma coleção de baladas melancólicas e interpretações alegres de alguns sucessos populares. É um registro pop bem catchy, que pode apresentar um pouco mais de sua maturidade e talento artístico.

Nicholas McDonald

A faixa de abertura, “Superman”, é um cover de 2000 de Five for Fighting (nome artístico do cantor/compositor americano John Ondrasik). É um ótimo soft rock, da qual McDonald escolheu para interpretar na final do X-Factor em 15 de dezembro de 2013. Sua interpretação ficou muito convicente, deixando transparecer muito emoção em seus vocais, bem como fidelidade à versão original. “Answerphone”, primeiro single do disco, é um pop-chiclete com melodias otimistas, escrita por Nicholas McDonald e Paul Barry. Ele afirmou em uma entrevista que, “Eu escolhi isso como minha primeira música de trabalho, porque é muito original, fresca e divertida. É uma canção que eu sabia que iria desfrutar ao desempenhar”. Sua letra fala sobre o cantor estar trabalhando, mas ao mesmo tempo, preocupado por sua namorada não atender suas ligações (“I tried all night, I tried calling you up / But it just ring, ring, rings and you never pick up”).

“When the Stars Go Blue”, por sua vez, é um cover de country alternativo, executada originalmente pelo cantor, ex-membro da banda Whiskeytown, Ryan Adams. É uma canção que já foi regravada por muitos artistas, entre eles, The Coors (com Bono Vox do U2), Tim McGraw, Kurt Nielsen e, agora, por Nicholas. Foi uma excelente inclusão no álbum, pois é uma música que encaixou-se perfeitamente aos vocais de McDonald. A faixa-título, “In the Arms of an Angel”, é um cover da música favorita do cantor, originalmente gravada por Sarah McLachlan em seu álbum “Surfacing” de 1997. Nicholas McDonald apresentou a música na terceira parte do X-Factor, em outubro de 2013 e, posteriormente, na final do programa em dezembro do mesmo ano. Musicalmente, é um pop contemporâneo que também encaixou-se muito bem à voz do jovem cantor. Enquanto liricamente, foi escrita por McLachlan e David Hodges, sendo inspirada pelo ex-tecladista, Jonathan Melvoin, do Smashing Pumpkins, que morreu em 1996 por causa de uma overdose de heroína.

Nicholas McDonald

A comovente “A Thousand Years” foi lançada pela cantora americana Christina Perri em 2011 para a trilha sonora do filme “Amanhecer – Parte 1” da saga Crepúsculo. A canção fez um enorme sucesso, principalmente nos Estados Unidos onde vendeu cerca de 3,6 milhões de cópias digitais. Tenho que confessar que não gostei muito da interpretação de McDonald, porque não achei que correspondeu a emocionante performance de Perri. É uma música linda, porém, sua execução ficou muito aquém de outras regravações do álbum. A sexta faixa é “Smile”, segunda canção original do álbum, escrita por Paul Barry, Paul Meehan e Zach London. É um pseudo-reggae muito contagiante e alegre, com os vocais de Nicholas estando mais doces do que o habitual. O viciante refrão, assim como toda a música, contém letras muito otimistas: “Cuz anything could happen / Anything could happen when you smile, smile (…) / Go ahead and smile, smile / Cuz you’re too beautiful”.

O belo cover de “Someone Like You”, da cantora Adele, mostrou seu talento vocal notavelmente. Nicholas McDonald conseguiu fazer uma interpretação realmente memorável, com suaves cordas sobrepondo lindamente seus vocais. Outra bela canção coberta pelo cantor é “Flying Without Wings”, de 1999, da boyband irlandesa Westlife. Uma balada pop cheia de energia e cantada muito bem, embora também tenha ficado um pouco extravagante. A nona faixa é um cover da canção “Just the Way You Are”, do cantor Bruno Mars, do seu primeiro álbum de estúdio lançado em 2010. É uma grande canção pop e R&B, que tornou-se um hit incontestável no mundo todo, logo foi uma boa escolha de Nicholas em incluí-la no álbum. A performance dele ficou bacana, embora não esteja no mesmo nível vocal apresentado por Bruno Mars. Por outro lado, seu cover de “If You’re Not the One”, de Daniel Bedingfield (irmão de Natasha Bedingfield) foi uma adição muito refrescante. Ele conseguiu fornecer uma versão atualizada da música e trazê-la para uma nova geração, sendo definitivamente uma música que eu não esperaria.

“Solid Gold” é a canção mais curta e a última do repertório, escrita inteiramente por Nicholas. É um pop com uma vibe bem ensolarada, que traz um violão e uma percussão ditando o seu bom ritmo. Bem, todo o registro é uma mistura de música pop bem agradável que, provavelmente, agradou todos os telespectadores e fãs que estavam acostumados com suas performances no X-Factor. Com um toque pessoal, o jovem artista escocês deu alguns indícios que entregará algo muito melhor em seu próximo projeto. A maioria das canções são sobre amor e saudades, ideal para os adolescentes que o seguem. Não é difícil imaginar fãs gritando por seu nome e ansiando por alguém para cantar essas canções para elas. Em quase todos os covers interpretados o seu vocal, charmoso e suave, encaixou-se adequadamente. Entre as três canções originais presentes, a que mais me agradou foi “Smile”, pois é uma música muito doce e com um refrão bem cativante. Por fim, Nicholas McDonald é um rapaz aparentemente muito simpático que se souber gerenciar bem sua carreira, poderá ter um futuro brilhante dentro da indústria musical, porque talento ele tem de sobra.

62

Favorite Tracks: “When the Stars Go Blue”, “In the Arms of an Angel”, “Smile”, “Someone Like You” e “Flying Without Wings”.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.