Resenha: Mallu Magalhães – Vem

Lançamento: 09/06/2017
Gênero: MPB, Pop, Samba
Gravadora: Sony Music Entertainment
Produtor: Marcelo Camelo.

“Vem” é o título do quarto álbum de estúdio da cantora Mallu Magalhães, o primeiro desde o seu último material solo, “Pitanga” (2011). Desde então, Mallu teve uma filha e lançou um disco com a Banda do Mar ao lado de Marcelo Camelo e Fred Ferreira. “Vem” é um registro com fortes influências de bossa-nova, samba e jazz, gêneros dos quais Mallu Magalhães já trabalhou antes. Formado por doze faixas, todas escritas por ela, o álbum fornece bons arranjos e muitas referências à música brasileira. Através de suas composições, ela conseguiu mostrar uma certa evolução e amadurecimento. Marcelo Camelo soube conduzir com inteligência a produção, uma vez que fez uma mistura interessante de bossa-nova, samba e outras influências da própria cantora. Uma das falhas mais óbvias do álbum são, infelizmente, os delicados vocais. Muitas vezes, eles estão mal colocados, baixos e acabam sendo engolidos pelos bons arranjos e ótima produção.

É um disco acolhedor e sentimental, com histórias que parecem refletir no seu próprio cotidiano. O principal tema do álbum é o amor, conforme Mallu Magalhães canta sobre sua filha em “Casa Pronta”, se mostra apaixonada por seu marido na irritante “Love You” (única faixa em inglês) e homenageia sua mãe na bela “Gigi”. Nesta última, é possível vê-la no seu estado mais honesto, emocional e sincero. Além disso, ela explora o samba em “Culpa do Amor”, a bossa-nova na já citada “Casa Pronta” e insere clássicas influências portuguesas em “Linha Verde”. O repetitivo segundo single, “Você Não Presta”, possui uma mistura de ritmos brasileiros, além de uma boa percussão e instrumentos de metais. Entretanto, por causa do videoclipe, Mallu Magalhães foi acusada de racismo devido a falta de interação com os bailarinos negros. Com pouco mais de 37 minutos, é um álbum bom, sereno e coerente, embora não seja um dos melhores lançamentos nacionais de 2017. Menção honrosa para as três melhores faixas encontradas por aqui: “Vai e Vem”, “Será Que Um Dia” e “Navegador”.

Favorite Tracks: “Vai e Vem”, “Será Que Um Dia” e “Navegador”.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.