Resenha: Lauren Alaina – Road Less Traveled

Lançamento: 27/01/2017
Gênero: Country, Country-Pop
Gravadora: Mercury Nashville / Interscope Records
Produtor: busbee.

Lauren Alaina tem sido uma voz no country desde o seu segundo lugar no American Idol de 2011. A cantora, atualmente com 22 anos, mostra toda a sua vulnerabilidade no disco “Road Less Traveled”. No seu segundo álbum de estúdio, Alaina explora temas difíceis como divórcio, alcoolismo e bulimia. Faz mais de cinco anos desde que ela lançou um disco completo. “Road Less Traveled” foi cuidadosamente trabalhado, sem qualquer intenção de apressar o seu processo criativo. Esse registro é a prova do amadurecimento de Alaina, com ela ganhando créditos de composição em todas as 12 faixas. A produção desse álbum pode ser melhor descrita como moderna e auto-consciente. É um projeto que realmente dá oportunidades para a voz de Alaina aparecer no centro das atenções. Em vez de concentrar-se em canções juvenis, como fez no “Wildflower” (2011), esse novo disco mostra um certo crescimento em seu conteúdo lírico. Nativa do estado da Geórgia, Lauren Alaina se sente muito mais confortável aqui como vocalista. “Road Less Traveled” como um todo tem uma produção extremamente apertada, polida e intricada. Parte disso é devido ao trabalho do produtor busbee, um conhecido da indústria da música country. Portanto, sonoramente, “Road Less Traveled” soa liso e interessante, mesmo quando as letras vacilam em determinado pontos. Uma de suas falhas é notado por sua desigualdade. Quatro de suas músicas foram lançadas anteriormente no EP auto-intitulado de 2014: “Road Less Traveled”, “Painting Pillows”, “Next Boyfriend” e “Holding the Other”.

Isso é um pouco confuso, principalmente porque a faixa-título é o single principal do álbum. Co-escrita por Meghan Trainor, “Road Less Traveled” é um country-rock sobre tentar coisas novas e auto-aceitação, sempre sendo você mesmo. Inicialmente, a faixa começa com um banjo e um acompanhamento de palmas. Em seguida, percorre o seu caminho através de uma batida, bandolim e uma linha de sintetizador. O álbum abre com “Doin’ Fine”, uma canção country-pop onde Alaina aborda um passado conturbado e alguns problemas familiares. A cantora menciona o divórcio de seus pais, enquanto seus vocais mostram-se mais amadurecidos e emocionantes. Temas emocionantes e crus aparecem em várias faixas do álbum, desde a incrível balada “Three” até “Same Day Different Bottle”, que fala do alcoolismo de seu pai. “Three” pode ser considerada um destaque, uma vez que fala sobre os problemas de estar na indústria da música. Alaina arranca uma genuína tristeza de sua voz, enquanto descreve tudo o que perdeu em sua jornada ao estrelato. O refrão é bem direto e incrivelmente triste: “Seis anos longe de casa / Por três minutos no rádio”. A cantora fala sobre tudo que perdeu, por conta da busca pelos seus sonhos. Ademais, Lauren também arranca melodias emocionais em faixas como “My Kinda People”, “Queen of Hearts” e “Next Boyfriend”. “Think Outside the Boy”, por sua vez, apela diretamente para o emponderamento feminino.

A cantora serve como um modelo, lembrando suas fãs que há vida além dos relacionamentos com garotos, pois ser mulher não te impede de fazer nada. Por outro lado, “Crashin’ the Boys Club” sente-se ocasionalmente juvenil, contraditória e imatura. Aqui, sobre um ronco de um baixo e bateria, Alaina fala sobre não sair com garotas que gastam o seu tempo fofocando. Em vez disso, ela prefere ir ao bar e sair com garotos, pois eles são mais divertidos e despreocupados. Na última canção, “Pretty”, Alaina fala sobre sua batalha contra a bulimia. A cantora faz uma pungente abordagem sobre imagem corporal e padrões de beleza. Seus vocais crus tornam a música ainda mais forte, e mostra o quão longe ela chegou desde seus dias como um American Idol. “Road Less Traveled” mostra Alaina levando os fãs em uma viagem verdadeiramente emocional. Entretanto, o álbum fica um pouco aguado quando chega na metade, com canções mais previsíveis. Muitas delas, melodicamente falando, não soam muito diferente de tudo que está dominando as rádios country dos Estados Unidos hoje. “Road Less Traveled” é um álbum que se destaca pelas letras sobre empoderamento, positividade e amar a si mesma, não importando o que você está enfrentando em sua vida. A produção intricada não faz nada para esconder o fato de que o álbum é desigual. Há uma enorme disparidade entre as canções que ela escreveu anteriormente e as que ela escreveu por último. Ademais, o que podemos esperar a partir deste álbum são as futuras composições de Alaina. O crescimento exibido neste álbum, mostra que ela terá um grande potencial a ser explorado no seu próximo material.

Favorite Tracks: “Road Less Traveled”, “Same Day Different Bottle” e “Pretty”.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.