Resenha: João Donato e Donatinho – Sintetizamor

Lançamento: 26/05/2017
Gênero: Eletrônica, Bossa Nova
Gravadora: Deck Disc
Produtores: João Donato & Donatinho.

Em 26 de maio de 2017, o pianista e percussor da bossa-nova João Donato resolveu lançar um disco conjunto com o seu filho Donatinho. Intitulado “Sintetizamor”, é um álbum ousado, grudento e arriscado, embalado por sons eletrônicos, múltiplos sintetizadores, baixo funky, instrumentos de metais e batidas incrivelmente dançantes. No decorrer de dez faixas, pai e filho apresentam letras e rimas tipicamente brasileiras, enquanto fazem uma verdadeira viagem no tempo. Espetacularmente nostálgico, o álbum possui elementos de synthpop, funk, soul, ska, disco e jazz. Ambos músicos apresentam diferentes paisagens sonoras, ao mesmo tempo que revisitam as décadas de 70 e 80. É um álbum agitado, animado e surpreendentemente cativante. Embora seja um projeto coeso e bom por completo, a primeira metade do repertório, certamente, é bem melhor do que a segunda.

Aqui, eles apresentam faixas muito mais infecciosas, como a eletrônica “De Toda Maneira”, a funk “Surreal”, a oitentista “Interstellar” e a primeira canções onde João Donato canta, chamada “Quem é Quem”. De qualquer forma, todo o álbum consegue te conquistar, principalmente aquelas mais dançantes. Realmente não há qualquer faixa entediante por aqui, enquanto todo o repertório fornece incríveis efeitos eletrônicos. É bom mencionar que Donatinho também deixa o seu pai, João Donato, brilhar com suas influências musicais. “Ilusão de Nós”, por exemplo, é uma canção de bossa-nova onde ambos dividem os vocais. A última faixa, “Hao Chi”, é um interessante instrumental que faz uma mistura cativante de piano, sintetizador e batidas eletrônicas. Conhecido pelas composições de bossa-nova, MPB e jazz, João Donato resolveu pisar em diferentes territórios ao lado do seu filho. Juntos, eles conseguiram criar um álbum eletrônico, oitentista e tipicamente brasileiro.

Favorite Tracks: “De Toda Maneira”, “Surreal” e “Interstellar”.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.