Resenha: Idina Menzel – Holiday Wishes

Lançamento: 14/10/2014
Gênero: Christmas, Pop
Gravadora: Warner Bros.
Produtores: Walter Afanasieff e Rob Mounsey.

Idina Menzel chegou à fama quando originou o papel de Maureen Johnson no musical “Rent” da Broadway. Em 2004, ela ganhou um Tony Award, na categoria de Melhor Atriz, por seu papel de Elphaba no musical “Wicked”. Seu retorno à Broadway aconteceu em 2014 no musical “If/Then”, trabalho que lhe rendeu mais uma indicação no Tony Award. Menzel também é conhecida por seu papel recorrente de Shelby Corcoran, na série Glee da Fox. Este papel trouxe um renascimento para sua carreira, já que seu nome ganhou mais reconhecimento e lhe rendeu mais papéis como atriz. Entre esses papéis, temos o de Nancy no filme “Enchanted” e a voz de Elsa, rainha da neve, no filme “Frozen”. “Holiday Wishes”, também chamado de “Christmas Wishes”, é o seu primeiro álbum de estúdio em seis anos.

Acabou tornando-se o disco solo mais bem sucedido de sua carreira, com vendas totais de 370 mil cópias em território norte-americano. É um disco de férias e Natal, produzido por Walter Afanasieff e lançado pela gravadora Warner Bros. Ele possui um total de doze faixas e contém um dueto com o cantor Michael Bublé. Menzel revelou detalhes do álbum durante uma apresentação no Radio City Music Hall, no verão de 2014. Em relação à sua etnia judaica, ela acrescentou: “Eu sei que sou judeu. Mas vários famosos judeus já escreveram canções de Natal, então eu quis experimentar algumas de suas canções no meu álbum”. A única canção escrita por ela é “December Prayer”, embora seja um cover da música Yvonne Catterfeld, originalmente presente no álbum “Blau im Blau” de 2010.

Ano passado, de fato, foi um grande ano para Idina Menzel, grande parte devido a sua atuação como voz de Elsa no filme “Frozen”. Sua voz tornou-se onipresente em 2014, graças ao hit “Let It Go”, que inclusive, foi performado no Óscar. “Holiday Wishes” é basicamente uma coleção de boas canções de época natalina, com a assinatura de Menzel. Seu porte vocal é ótimo para grandes baladas e trazem de volta a nostalgia dos anos 80 e início dos anos 90. Para completar, ela contou com a produção de Walter Afanasieff, o homem por trás de vários trabalhos da década de 90, famosos nas vozes de Céline Dion, Mariah Carey e Barbra Streisand. “Holiday Wishes”, em muitos aspectos, foi conduzido por um caminho seguro, onde todas as canções natalinas pendulam entre o religioso e o divertido.

Idina Menzel

A primeira faixa, “Do You Hear What I Hear”, foi uma grande e poderosa maneira de abrir o álbum. É uma das melhores do repertório, música da qual foi criada na década de 1960 pelo escritor Noel Regney e a compositora Gloria Shayne. Idina se aproximou da música com um som bem contemporâneo, que mesclou lindamente com o tradicional coral de vozes ao fundo. É difícil algo dar errado em um clássico como “The Christmas Song”, segunda faixa do álbum. Aqui, Idina Menzel fez justiça ao mantê-la tradicional, mas acrescentando o seu talento, estilo único e toques de jazz. Sua voz leva o ouvinte para uma nova viagem, mesmo interpretando uma música anteriormente famosa. Outro destaque do disco é o dueto com Michael Bublé na faixa “Baby It’s Cold Outside”.

Não está claro se os dois gravaram a música em conjunto ou separadamente, mas, definitivamente, há uma química entre os vocais. Essa música permitiu que ambos fizessem o que sabem de melhor, bem como oferecer um pouco de interação lúdica durante toda a sua execução. Em “Have Yourself a Merry Little Christmas” nos damos conta de como a voz de Menzel se adéqua facilmente à canções de Natal. Ela consegue atingir todas as notas com precisão, o único porém foi que esta não é a versão original cantada por Judy Garland. Logo, a mudança nas letras acabou por não captar totalmente a sua essência. “All I Want for Christmas Is You” é maravilhosa, principalmente na voz de Mariah Carey, por isso foi uma tomada fresca inclui-la no repertório. A grande voz de Idina leva a música em uma direção diferente, com mais piano e menos guitarra.

Ela conseguiu captar o espírito natalino que a canção pede e, em certos momentos, conseguiu torná-la em algo próprio. A lenta “What Are You Doing New Year’s Eve?” foi buscada em 1947, ano do qual se originou. A cantora fez uma interpretação exuberante, porém, o que mais se destacou foram os espetaculares solos de trompete de Kent Smith. Em seguida, temos “December Prayer”, a única música escrita por Idina Menzel. É uma canção com movimentos suaves, sobre várias situações do inverno. Consegue ser reflexiva e emocional, com a cantora oferecendo toda a sua graça e beleza vocal. Apesar de tecnicamente não ser uma canção de Natal, “When You Wish Upon a Star” se encaixou no álbum por oferecer elementos como esperança e felicidade.

Idina Menzel

Foi justo ela abordar essa canção, um clássico da Disney, visto que ela também é uma estrela de lá. Entretanto, Menzel a deu um andamento muito lento e uma sensação suave, o que acabou deixando a música um pouco cansativa. A sua interpretação de “Silent Night” misturou o tradicional com o moderno, entretanto, sendo um pouco mais lento e conservador que a original. A décima faixa é “River” de Joni Mitchell, canção que se encaixou perfeitamente ao vocal da cantora. É uma música macia e sombria, com as notas mais baixas e emocionais do registro. “I wish I had a river so long, I would teach my feet to fly / Oh, I wish I had a river I could skate away on / I made my baby cry”, ela canta aqui. De acordo com vários comunicados da imprensa, essa canção aborda um dos temas favoritos da cantora.

“Holly Jolly Christmas” é energética e otimista, ao passo que a performance de Menzel a deixou ainda mais divertida. É composta de sinos e um belo solo de piano que, consequentemente, ajudaram a dar um ótimo balanço para o registro. Para encerrar, Idina Menzel escolheu a canção “White Christmas”, um clássico que os americanos amam. A sua versão foi desempenhada com o auxílio de elementos de jazz, saxofone e um lindo arranjo orquestral. “Holiday Wishes” combinou uma faceta moderna, uma voz marcante e reverente, com canções que continuam a ser cantadas ano após ano. As orquestrações utilizadas são poderosas e apropriadas para um álbum de fim de ano. Idina Menzel contribui com a grandeza de seus vocais, quase tudo aqui foi executado brilhantemente.

“Holiday Wishes” é preenchido com todo o calor e alegria que se poderia desejar e esperar de um álbum natalino. Cada canção permitiu ela mostrar os aspectos da sua voz, que fez dela a estrela que é. A maioria dos arranjos são originais e eu gostei do disco como um todo. No entanto, também não posso deixar de mencionar as falhas que consegui captar. Pois ao mesmo tempo que ela brilha em canções tradicionais, vacila em faixas mais populares. Menzel também tende a cair em performances exageradas que não necessitam de tantas firulas vocais. Não me interpretem mal, ela definitivamente possui uma grande voz, entretanto, eu acho que isso é mais apropriado nos palcos da Broadway.

65

Favorite Tracks: “Do You Hear What I Hear”, “The Christmas Song”, “Baby It’s Cold Outside (with Michael Bublé)”, “All I Want For Christmas Is You” e “River”.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.