Resenha: Yuri Righi – Freedom (EP)

Lançamento: 18/05/2015
Gênero: Pop
Produtores: Yuri Righi e Luciano Trinquinato.

Em 01 de junho de 2015, eu conheci o cantor Yuri Righi por meio das redes sociais, ele tem apenas 20 anos e é de Jundiaí/SP. Recentemente, ele lançou o seu primeiro EP (Extended Play), intitulado “Freedom” e, mesmo sendo novo, já atua como DJ na sua cidade há quase três anos. A gravação do seu primeiro EP começou no mês de março desse ano e foi lançado oficialmente na iTunes Store e serviços de streaming há duas semanas, no dia 18 de maio. O EP conta com um total de quatro faixas, todas autorais, com produção do próprio Yuri em conjunto com Luciano Trinquinato. São canções pop com uma sonoridade influenciada por grandes artistas internacionais, como Elton John, Ed Sheeran, Sia e Sara Bareilles. As músicas são intituladas “St. Pete’s Sunset”, “Don’t Miss a Thing”, “Luke” e “Rebel Heart”. Todas as letras escritas por Righi são em inglês e inspiradas por experiências de sua vida.

O primeiro single do EP, “St. Pete’s Sunset”, já possui um videoclipe muito bacana inspirado no aplicativo dubsmash. Yuri convidou quarenta amigos para participar das gravações, onde podemos conferir todos dublando a música em um vibe bem descontraída. Ele também relançou o vídeo com a participação de ninguém menos que Rodrigo Faro, apresentador da Rede Record. “St. Pete’s Sunset” é uma música pop conduzida por um piano saltitante e uma dose adequada de bateria. Os vocais de Yuri são muito bons e encaixaram-se perfeitamente ao ritmo da música, na medida que o refrão é entregue com doces falsetes. A música começa com o cantor admitindo ter medo do amor (“Eu tenho medo do amor / Eu tenho medo de cair / Eu tenho medo de me apaixonar por você”), porém, depois do primeiro refrão, fica totalmente oposta com ele exalando otimismo.

A canção, aparentemente, faz referência à cidade americana de St. Petersburg (São Petersburgo), localizada no estado da Flórida, que também é chamada por St. Pete. Para quem não sabe, a cidade é muito conhecida por fazer sol quase o ano inteiro. “Por que nós não nos casamos no pôr do sol de St. Pete’s? / Não foi lá o lugar no qual nos conhecemos?”, ele canta em um dos versos. O refrão é o ápice da música, além de ser bem cativante. As outras faixas do EP também são boas, onde temos, como já mencionado, “Don’t Miss a Thing”, uma música de superação, a baladinha “Luke”, que possui uma boa introdução no piano, e “Rebel Heart”, que contém elementos de EDM. “Freedom” já está a venda nas principais distribuidoras online, como a iTunes Store, Amazon e Google Play, bem como disponível no YouTube, Spotify e Rdio!

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.