Best New Track: Selena Gomez – Bad Liar

Lançamento: 18/05/2017
Gênero: Pop Rock
Produtor: Ian Kirkpatrick
Escritores: Selena Gomez, Julia Michaels, Justin Tranter, Ian Kirkpatrick, David Byrne, Chris Frantz e Tina Weymouth.

Selena Gomez chegou à fama como estrela da Disney, trabalhando primeiramente como atriz e depois seguindo numa carreira musical com a banda The Scene. Atualmente, ela é uma popstar solo com dois álbuns no currículo. O último deles, “Revival” (2015), mostrou um lado mais maduro com os sensuais singles “Good for You” e “Hands to Myself”. Para uma cantora com habilidades vocais questionáveis, em comparação com Demi Lovato, Miley Cyrus e Ariana Grande, Gomez já conseguiu muito sucesso. Quando ela começou a deixar de lado as influências dance-pop dos seus primeiros discos, passou a explorar um R&B e som mais sensual. “Good for You” e todo o “Revival” foram elogiados por um bom motivo. Agora, dois anos depois, Selena retornou com um single incrível, intitulado “Bad Liar”. Para essa música, ela se reuniu novamente com os compositores Justin Tranter e Julia Michaels, que contribuíram muito para o seu álbum anterior. Para compor “Bad Liar”, Selena Gomez usou uma amostra muito inteligente da linha de baixo de “Psycho Killer” da banda Talking Heads. Essa amostra é usada como base para a música, enquanto ainda possui elementos extras e graduais. Os vocais de Selena estão fortes e aplicados através de suas marcas registradas.

Na primeira escuta, “Bad Liar” é muito incomum e, provavelmente, você terá que escutar mais vezes para se acostumar com a mesma. Ela começa com uma batida simples, polida e uma produção meio sombria. No geral, sua composição é bem simples e não se encaixa quando colocada ao lado de suas canções tradicionais cheias de sintetizadores. A sutileza da produção é algo que realmente funciona. A melodia possui notas muito próximas uma das outras, porém, extremamente bem elaboradas. A discreta e minimalista produção, com palmas, baixo, carrilhões e vocais sussurrados, conseguem impressionar positivamente. Liricamente, a música é sobre esconder os fortes sentimentos que você tem por alguém. “Oh, tentando, estou tentando, estou tentando (…) / Não pensar em você / Oh, com os meus sentimentos em chamas / Acho que sou uma má mentirosa”, ela canta no viciante refrão. Embora seja repetitivo, o refrão é definitivamente o maior destaque da música, pois possui um ritmo cativante e letras que ficam presas na cabeça com facilidade. “Bad Liar” é um pop-rock muito incomum que simplesmente funciona com as limitações vocais de Selena Gomez. Ela mais sussurra do que canta, porém, faz isso com bastante confiança e atitude. É quase um seguimento para a produção de “Hands to Myself”, embora seja muito mais ousada. Podemos perceber claramente que Selena Gomez está evoluindo cada vez mais como artista.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.