Best New Track: Fleet Foxes – Third of May / Ōdaigahara

Lançamento: 07/03/2017
Gênero: Indie Folk, Folk Rock
Produtores: Robin Pecknold e Skyler Skjelset
Escritor: Robin Pecknold.

Fleet Foxes é uma das bandas de indie-folk mais reverenciadas da atualidade. Formada por Robin Pecknold, Skyler Skjelset, Casey Wescott, Christian Wargo e Morgan Henderson, o grupo chegou à proeminência em 2008 com o lançamento de seu segundo EP, “Sun Giant”, e álbum de estréia auto-intitulado. Ambos projetos receberam muitos elogios críticos, graças ao uso frequente de letras refinadas e poderosas harmonias vocais. O seu terceiro álbum está sendo precedido pelo single “Third of May / Ōdaigahara”, uma canção realmente excepcional. Um número épico de quase 9 minutos de duração que quebrou um hiato de seis anos sem música nova da banda. Uma canção repleta de arranjos de cordas complexos, encorpados com muitas camadas e uma fortíssima guitarra. Inspirada por uma pintura de Francisco Goya, enquanto pega emprestada o nome de uma montanha japonesa, “Third of May / Ōdaigahara” explora o relacionamento de Pecknold com um amigo íntimo. Esse amigo é o seu companheiro de banda, o guitarrista Skyler Skjelset, cujo aniversário é coincidentemente no dia 3 de maio.

Essa música contém muitas rupturas inesperadas de cordas inebriantes, interrompidas apenas pelos vocais suaves de Pecknold. O maior apelo da canção é visto na sua natureza incomum e pegajosa. As mudanças são muitas vezes repentinas, mas é, certamente, algo muito bem-vindo e cativante. O grande comprimento da música não adiciona grande coisa, mas é necessário para concretizar a mesma. O início soa caracteristicamente Fleet Foxes, ritmicamente familiar e cheio de ricas harmonias. A intensidade das cordas e melodias desafiadoras, particularmente colocadas ao lado dos interlúdios, apontam para uma direção muito interessante. O último minuto da música é formado apenas por sons instrumentais. Nada em “Third of May / Ōdaigahara” é particularmente novo para a banda, mas eles fizeram um grande trabalho em sua totalidade. Fleet Foxes é um dos grupos mais aclamados do gênero indie-folk e, algumas das idéias mostradas em “Third of May / Ōdaigahara”, só reforçam esse pensamento. Por ser uma das bandas que mais revolucionaram a cena indie-folk nos últimos anos, Fleet Foxes merece aparecer na coluna “Best New Track”!

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.