Best New Music: DJ Koze – Pick Up

Lançamento: 13/04/2018
Gênero: Nu-Disco, House
Produtor: DJ Koze
Compositor: Stefan Kozalla.

Stefan Kozalla, mais conhecido como DJ Koze, é um produtor alemão que se tornou conhecido na cena musical de Hamburgo. Ele fez parte do ato de hip-hop Fischmob na década de 90, enquanto também gravava com o nome de Adolf Noise. Mais tarde, nos anos 2000, Kozalla começou a gravar sob o apelido de DJ Koze, lançando músicas através do selo eletrônico Kompakt. Ele gravou três álbuns completos durante a década passada, bem como lançou inúmeros singles e remixes. Mas apesar de ser um DJ, Stefan Kozalla parece desinteressado em produzir músicas apenas para as pistas de dança. O single “XTC” de 2015, por exemplo, forneceu um trabalho bem underground, com sintetizadores melancólicos, estrondosas batidas de house e um vocal provocante. Em 13 de abril de 2018, ele compartilhou a terceira faixa a ser retirada do seu novo álbum, “Knock, Knock”. Seguindo a psicodelia de “Seeing Aliens” e a impressionante “Illumination”, “Pick Up” é uma faixa hipnótica de nu-disco que provavelmente servirá como peça central do álbum. Dessa vez, Kozalla usou vocais de Gladys Knight em “Neither One of Us”, para sustentar o ritmo e a melodia viciante. Com esta faixa, DJ Koze conseguiu criar um clima igualmente feliz e emocional, enquanto permanece focado na pista de dança.

Esse clima indefinido é algo clássico do Koze, um DJ com habilidades de produção incomuns. Com certeza os fãs do Kozalla amaram esta música, afinal trata-se de uma reminiscência das vibrações mais luxuosas do DJ. Uma simples, direta e devastadora faixa disco com um loop melancólico e produção de tirar o fôlego. A amostra de Gladys Knight foi brilhantemente colocada e fornece um ritmo contagiante e retrocesso extravagante. Tudo sobre a melodia de “Pick Up” é cativante, desde o charme empoeirado da batida até as cordas inchadas, guitarras elétricas, bongôs texturizados e a linha de baixo hiperativa. Enquanto isso, os vocais sussurrados de Gladys Knight são cheios de tristeza e capturam perfeitamente a melancolia do Stefan Kozalla. Ele conseguiu transformar uma balada dos anos 70 em uma pensativa canção de house e disco. Ele leva 7 minutos para remover as batidas de bateria e dar ênfase para letras como: “Acho que nenhum de nós quer ser o primeiro a dizer adeus”. Mas apesar do tom triste, o ritmo de “Pick Up” exala um grande otimismo. É uma perfeita combinação de euforia e melancolia. DJ Koze é realmente um mestre da música house, por isso este single já parece um clássico.

São Paulo, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas, séries e animes. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.