Best New Music: Disclosure – Moonlight

Lançamento: 27/08/2018
Gênero: House
Produtor: Disclosure
Compositores: Guy Lawrence e Howard Lawrence.

Adupla britânica Disclosure, formada pelos irmãos Guy Lawrence e Howard Lawrence, lançou seu segundo álbum em 2015. Foi um registro um pouco decepcionante, uma vez que sucedeu o “Settle” (2013), um dos melhores discos de estreia da década. Em janeiro de 2018, o duo confirmou que estava no processo de gravação de seu terceiro álbum de estúdio, com lançamento previsto para 2019. Após um longo hiato, o Disclosure resolveu compartilhar uma música em maio de 2018 chamada “Ultimatum”. Em agosto cinco novas músicas foram inesperadamente lançadas diariamente: “Moonlight”, “Where Angels Fear To Tread”, “Love Can Be So Hard”, “Funky Sensation” e “Where You Come From”. O maior destaque dentre todas elas é, sem dúvida, “Moonlight”. Uma faixa percussiva, pesada e uma espécie de releitura de “When I Fall In Love” do The Real Group. Os irmãos Lawrence transformam a amostra vocal em seu próprio instrumento, colocando-a em torno de uma batida hipnótica e uma poderosa linha de baixo. A gravação acapela facilitou a experimentação dos vocais ao longo dos pulsantes sintetizadores. As harmonias de quatro partes são pintadas pelo Disclosure em toda a música.

Embora apenas cinco anos tenham se passado desde que eles chegaram à cena musical, os irmãos já criaram uma obra extraordinariamente promissora. E, para nossa sorte, o duo britânico continua trabalhando duro. Mas, desta vez, eles decidiram diminuir o ritmo e entregar um som menos pesado. A faixa instrumental de house é infecciosa e apresenta alguns acordes originais. Além dos efeitos vocais, as linhas de baixo se entrelaçam harmoniosamente e captam a essência da música house. É a melodia perfeita para simplesmente vibrar e dançar tarde da noite. Embora fora do comum, “Moonlight” consegue capturar o talento e a paixão por trás do Disclosure. As batidas e sintetizadores ficaram descobertos e, ao mesmo tempo, apresentam o som clássico do duo, do qual já estamos muito familiarizados. Sua atmosfera descontraída e relaxante induz a repetição. Sonoramente, “Moonlight” nos remete à música house do início dos anos 90. Os teclados, vocais de fundo e estalar de dedos é tudo o que você precisa para balançar a cabeça. Mas o grande sabor desta canção está contido nas vozes cortantes, nos ruídos da linha de baixo e acordes caleidoscópicos. Disclosure parece revitalizado e conseguiu mostrar suas impressionantes habilidades de produção nesta faixa.

São Paulo, 22 anos, formado em Recursos Humanos, apaixonado por músicas e séries. Fã dos Beatles, amante do futebol e palmeirense fanático.